fbpx
Capital

Buracos, bueiro aberto e obstáculos exigem maior atenção no trânsito da Capital

Secretaria Municipal de Infraestrutura deslocará equipes para vistoriar pontos críticos

Bueiro aberto sinalizado por galhos e cavaletes na na Avenida Eduardo Elias Zahran (Foto: Kisie Ainoã)

O motorista que transita pela Avenida Eduardo Elias Zahran, em Campo Grande, no sentido terminal Hércules Maymone, precisa ficar atendo na altura do cruzamento com a rua Flávio de Matos. Desde ontem, quarta (23), tampa de bueiro se soltou, deixando o trânsito perigoso. Na manhã desta quinta-feira (24), apenas a faixa de rolamento da esquerda estava liberada.

De acordo com Edileia Pereira, 44 anos, dona de uma loja de marketing olfativo localizada próximo ao local, os próprios comerciantes sinalizaram, com galhos de árvore, para que os condutores reduzissem a velocidade. “Estava bastante perigoso, principalmente aos motociclistas e para quem passa à noite”.

Pela manhã, o trecho foi sinalizado por cavaletes por agentes da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito). Até o momento o trânsito n]ao havia sido liberado por completo.

Obras em trecho de canal do Córrego Prosa impede trânsito à esquerda (Foto: Cleber Gellio)
Obras em trecho de canal do Córrego Prosa impede trânsito à esquerda (Foto: Cleber Gellio)

Outro ponto de bastante movimento e que os condutores precisam estar atentos fica na Avenida Ernesto Geisel, em frente ao futuro Centro Belas Artes, no Bairro Cabreúva. Devido às obras, somente a faixa da direita está liberada.

Buraco é sinalizado com galhos por populares (Foto: CLeber Gellio)
Buraco é sinalizado com galhos por populares (Foto: CLeber Gellio)

Um pouco mais à frente, entre a Avenida Mato Grosso e a Rua Antônio Maria Coelho, outro galho seco é o sinal de perigo na faixa direita da via. Renata Cristaldo. 40 anos, reside há seis anos bem em frente ao local e diz que o problema é antigo e que tem causado prejuízo aos motoristas. O próprio carro está no conserto. “Além do buraco, que é mais recente, as bocas de lobo também são problemáticas”.

Já no cruzamento entre as ruas Olario de Oliveira França e Carlota de Almeida Lemos, na
Vila Nossa Senhora das Graças, um solapamento oferece riscos para quem passa pelo local. Inicialmente, a circunferência do buraco não causa grande impressão, mas por baixo do asfalto é possível ver boa parte da rede de esgoto.

Rede de esgosto em solapamento na Vila Nossa Senhora das Graças (Foto: Cleber Gellio)
Rede de esgosto em solapamento na Vila Nossa Senhora das Graças (Foto: Cleber Gellio)

Conforme o secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, todos os pontos citados pela reportagem serão vistoriados e tomadas as medidas necessárias. “Na avenida Zahran, se for de responsabilidade nossa, hoje mesmo já será liberada”.

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/4SvZF
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo