DicasPet & Cia.

7 dicas do que fazer para o cachorro parar de destruir tudo

Se o seu cão começou a destruir móveis, caminha, coberta, meias, sapatos, plantas e tudo mais o que vê pela frente, basicamente ele pode estar muito tenso, entediado ou desconfortável, por exemplo, no período de troca de dentes.

Diferente de nós, humanos, que usamos as mãos para mexer em objetos, os cães usam principalmente a boca e o nariz. Quando nascem, eles vivem tranquilos e a única coisa que tira essa tranquilidade é a fome. Então, quando comem, descobrem que o alívio vem pela boca. Logo, quando crescem e sentem-se incomodados, buscam alívio pelo mesmo lugar.

Por isso, a sua função não é tirar esse instinto do seu cão, mas sim, ensiná-lo que existem objetos que ele pode morder e outros que ele não pode.

A paciência é necessária, pois seu cão irá aprender com a repetição, nunca apanhando, com medo ou gritos que não demonstram nenhuma resposta clara para as atitudes dele.

Lembre-se que as regras são suas, de humano, e ele na verdade não vê nenhum sentido nelas, então precisa simplesmente compreender o que te deixa feliz e o que te deixa chateado com ele. Agora, veja estas dicas de como ensinar seu cão a não destruir a casa.

1. Tire os objetos proibidos da visão do cachorro

Até que ele acostume com o que pode ou não pode pegar, não adianta deixar os objetos proibidos à vista, pois ele vai pegar o que estiver ao alcance para aliviar a tensão.

Mesmo quando ele estiver mais acostumado sobre quais objetos pode ou não morder, se estiver entediado e apenas os objetos proibidos estiverem por perto, a chance de pegá-los é grande.

2. Ofereça vários brinquedos que aliviem a tensão

Deixe por perto os brinquedos que o cão pode pegar e destruir o quanto quiser. Escolha objetos que não machuquem, é claro, e que sejam resistentes e macios para que ele morda e sinta alívio, principalmente se for um filhote no período de troca de dentes.

3. Estimule exercícios mentais

Tenha brinquedos que distraiam seu cão por algumas horas para ele relaxar e se divertir ao mesmo tempo, como os kongs para ele ficar tentando tirar a ração por pequenos orifícios. São estímulos mentais que fazem bem ao seu pet.

Outra forma de exercitar a mente do se cão é ensinar novas brincadeiras, treiná-lo para sentar, deitar, buscar objetos e fazê-lo se sentir útil.

4. Leve seu cão para passear

Os cães precisam gastar muita energia, e uma caminhadinha lenta de meia hora não será o suficiente, a menos que seja um cãozinho de tamanho micro.

Da mesma forma, quintal com pouco espaço não vai fazer ele se sentir livre e gastando toda a energia. Faça passeios mais longos, de preferência deixando-o andar mais rápido.

5. Brinque e dê atenção

Se preferir ficar no quintal com seu cão, ou dentro de casa porque está chovendo, faça brincadeiras para ele se movimentar bastante, gastar energia e se distrair.

Além destes benefícios ele também vai se sentir mais feliz em estar interagindo com você. A sua companhia e atenção são muito importantes para ele, lembre-se disso!

Quando seu cão não recebe atenção ou passa muito tempo sozinho, ele tende a ficar entediado ou ansioso, levando à vontade de roer o que estiver por perto.

6. Chame a atenção no momento certo

Quando pegar seu cão roendo algo que não deve, jamais seja violento. Chame a atenção dele com um som de “shiiihhhh” ou um “não” firme. Quando ele parar, ofereça o brinquedo que ele pode morder.

Se mesmo assim ele recusar e continuar roendo onde não deve, tire-o do local ou tire o objeto dele e substitua pelo brinquedo permitido. O aprendizado acontecerá aos poucos, com a repetição.

7. Crie associações positivas e negativas

Seu cão se baseia muito na reação que você tem para saber se fez algo certo ou errado. Sempre que ele fizer algo positivo, faça carinho, elogie e fale com uma voz tranquila e feliz. Quando ele fizer algo que não deve, chame sua atenção, mas sem violência.

Os animais criam associações, portanto aqui vai uma dica importante: muita gente pensa que é certo usar um borrifador para esguichar água no rosto do cachorro quando ele faz algo errado. Mas isso apenas vai fazê-lo associar a água a algo muito ruim.

Da mesma forma, nunca use os brinquedos dele para atacá-lo ou repreendê-lo. Ele não vai entender o significado de cada palavra que você disser, mas sim, suas expressões e reações corporais.

DICA DE ADESTRAMENTO

Quer começar a ensinar seu cão a obedecer alguns comandos? Comece pelo “fica”. Veja como fazer no vídeo abaixo:

Tags
Mostrar mais
Close
Close

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios