AltosBrasil

Brasil inteiro já pode usar a CNH Digital

Para utilizar a novidade, motoristas precisam ir ao Detran e atualizar o cadastro

Novidade promete evitar multas causadas pelo esquecimento da carteira – Divulgação

Todos os condutores habilitados do Brasil já podem usar a versão eletrônica da Carteira Nacional de Habilitação (CNH). O Rio de Janeiro, que era o último estado da federação que não tinha aderido ao documento virtual, começou a aceitar a tecnologia na quarta-feira, 25.

Com a adoção pelo Rio de Janeiro, o Brasil inteiro passa a aceitar a CNH Digital antes do prazo final estabelecido pelo Conselho Nacional de Trânsito, que era no dia 1º de julho.

Confira o  tutorial  que o  Nota Diária preparou sobre o assunto.

Para ter o documento de forma digital, basta o motorista ir aos postos de habilitação do Detran — sem necessidade de agendamento — para atualização de e-mail e telefone na hora de renovar ou solicitar segunda via da carteira de motorista.

O próximo documento virá com um leitor de código digitalizado (QR code), que permite a utilização na forma mais moderna. Quem já tiver a CNH com QR code só precisa atualizar seus dados nos postos.

De acordo com o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), mais de 110 mil condutores já usam a versão digital do documento. O Rio Grande do Sul é o estado com mais condutores registrados na CNH eletrônica, seguido por Goiás e São Paulo.

Em seguida, o usuário continuará o processo no portal de serviços do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), em https://portalservicos.denatran.serpro.gov.br, para baixar a CNH Digital no telefone celular. Primeiro, será solicitado pelo Denatran que o usuário preencha uma ficha de cadastro. Depois, será enviado um código para o motorista, que deverá baixar o aplicativo da CNH Digital em seu telefone celular através das lojas virtuais Google Play e App Store.

Feito isso, faltará apenas inserir o código e dados pessoais para o usuário ativar a CNH Digital.

Tags
Mostrar mais

Artigos relacionados

Close
Close

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios