fbpx
Educação e Tecnologia

Uso de máscara em sala de aula passa a ser facultativo na UFMS

O uso de máscaras continua facultativo nos ambientes externos como corredores, jardins e calçadas

Corredor de área da UFMS em Campo Grande. (Foto: Paulo Francis)

Uso de máscaras passou a ser facultativo dentro das salas de aula da UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul). Conforme previsto no Plano de Biossegurança 7.0, a fase dois é justamente a que flexibiliza a utilização da proteção.

Assim, nas salas de aulas, laboratórios, teatros, auditórios, bibliotecas e restaurantes, onde antes o uso de máscaras era obrigatório, agora é recomendável. Nos espaços ou clínicas de atenção à saúde, Hospital Veterinário e no Capi Shuttle, transporte coletivo da UFMS, passou de obrigatório para a recomendação seguindo a norma municipal.

O uso de máscaras continua facultativo nos ambientes externos como corredores, jardins, calçadas, espaços esportivos, entre outros.

“Já estava previsto no plano de transição que faríamos uma análise de conjuntura depois de 30 dias de início da fase um e agora, após essa análise, de acordo com o perfil epidemiológico da Covid-19, nós passamos para a fase dois”, explica o presidente do Comitê Operativo de Emergência (COE), Albert Schiaveto de Souza.

A previsão é de que o COE faça novamente uma análise do perfil epidemiológico da Covid-19 em 30 dias, levando em consideração o comportamento da curva de novos casos da doença e do quantitativo de internações no Brasil, no estado de Mato Grosso do Sul e nos municípios onde a UFMS possui Câmpus, para avaliar o possível avanço para a fase três.

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/cOWc7
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo