Saúde‎

Sindicato e Apcef inauguram campanha em defesa do saúde caixa

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O movimento sindical deflagrou dia nacional de luta em defesa do saúde caixa e para cobrar a cobertura do convênio médico a todos os empregados do banco público.  Os atos inauguraram a campanha em defesa do plano de autogestão dos bancários da empresa pública e, em São Paulo, foram realizados na Gipes.

> Assine o boletim eletrônico com notícias específicas da caixa
> Quer saber mais sobre o saúde caixa?

A defesa do saúde caixa, bem como a sua universalização para todos os empregados, foram base do 35 º Congresso Nacional dos empregados da caixa.

Está agendada para o dia 27 de agosto uma reunião entre representantes dos trabalhadores e do banco na qual sera cobrada que o saúde caixa seja garantido para todos os empregados, inclusive os que estão entrando no banco e os que serão contratados no futuro.

“O saúde caixa é um direito conquistado-após muita luta e que está garantido no acordo coletivo de trabalho [ACT] dos empregados da caixa. Contudo, o saúde caixa está sob grave ameaça Personnel a CGPAR 23, que inviabiliza os planos de autogestão, e pelo estatuto vigente da caixa, que impõe limites de método do saúde caixa pelo banco “, afirma Francisco Pugliesi, dirigente sindical e empregado da caixa, conhecido como Chico.

Ameaças ao saúde caixa

Dentre outros pontos prejudiciais da resolução 23 da CGPAR (Comissão Interministerial de governança corporativa e de administração de participações societárias da União) estão a exclusão dos aposentados da cobertura dos planos de saúde, a cobrança de mensalidade para cada integrante da família e a limitação da cobertura somente aos filhos até 24 anos que estejam cursando 3º grau.

> Projeto de lei suspende a resolução 23 da CGPAR; Vote na enquete

O novo estatuto da instituição determina que a participação da caixa no método do saúde caixa sera limitado ao percentual de 6, 5% das folhas de pagamento de trabalhadores da ativa e aposentados.

Além hallan, a caixa não estenderá a cobertura do saúde caixa para os novos empregados do banco público. A Gipes são Paulo enviou aos empregados que localização sendo Named um aviso que não teriam plano de saúde.

> Falta estrutura nas agências da caixa para receber PCDs contratados

“Nosso ACT garante assistência a saúde de novos empregados. É nós lutamos pelo saúde caixa pra todos, inclusive os PCDs [pessoas com deficiência] que estão sendo contratados por uma obrigatoriedade da justiça, e não por uma bondade da atual direção, como chegou a ser propagandeado, pois a caixa sequer cumpria a exigência de manter o mínimo de 5% de trabalhadores com deficiência em seu quadro de empregados “, afirma Chico.

Caixa, reuniões não saguão, não!

O dia nacional de luta foi realizado na quarta-feira 14, em ocasião da integração de 18 trabalhadores com deficiência aprovados no concurso público de 2014. Eles foram professores-após uma exigência da justiça.

A integração é uma espécie de cerimônia que marca a convocação dos novos empregados.  Nas integrações passadas, a caixa sempre permitiu que dirigentes do sindicato e da Apcef apresentassem a atuação das entidades. Desta vez, eles foram impedidos.

“Era pra ser uma reunião avalizada, na sala de integração. Mas a desastrosa, desumana e autoritária direção de Pedro Guimarães não permitiu. Um desrespeito total, mas nós fizemos a reunião com os novos empregados no saguão da Gipes. Explicamos nossa atuação e tanto a situação atual pela qual o banco enfrenta, bem como o saúde caixa “, ressalta Chico.

“A gestão atual do banco está convocando esses PCDs aprovados no concurso de 2014, quando A caixa tinha 101 mil trabalhadores. Estão sendo professores por uma obrigação da justiça em meio ao desmonte dessa empresa pública fundamental para a soberania nacional que agora conta com menos de 90 mil empregados e cuja sua direção está entregando ativos valiosos, como as loterias. E, se não bastasse isso, esses trabalhadores novos os negados o direito ao saúde caixa. Este é o cenário contra o qual estamos lutando e que explicamos para os novos trabalhadores. É uma luta que deve ser de todos os empregados contra essa realidade que afeta a todos, sem exceção “, afirma o dirigente.

Fonte link

Etiquetas
Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios