fbpx

Santos só empata com a Ferroviária e se afasta da vaga nas quartas do Paulistão

O Santos continua sem vencer sob o comando de Fábian Bustos Nesta quarta-feira, empatou em cima da hora por 3 a 3 com Ferroviária, em Araraquara, e ficou um pouco mais longe da vaga nas quartas de final do Paulistão. Com 11 pontos no Grupo D, está em terceiro e decide sua sorte no fim de semana contra o Água Santa.

O jogo, válido pela 10ª rodada e que havia sido adiado em 5 de março por causa de um forte temporal em Araraquara, começou nesta quarta com 10 minutos de atraso, novamente por causa da chuva. Com 15 segundos de partida, a Ferroviária já deu seu cartão de visitas ao Santos: Vidal bateu forte da entrada da área e João Paulo teve trabalho para rebater.

Mas o Santos não se assustou. Teve boa chance em uma bicicleta de Marcos Leonardo, aos 10, e aos 15 Lucas Barbosa mandou para as redes, mas estava impedido.

Desse lance, os jogadores santistas não reclamaram, mas pressionaram bastante Luiz Flavio de Oliveira quando Marcos Leonardo marcou aos 19 minutos e o árbitro, embora tenha demorado, considerou falta do atacante no zagueiro Didi na disputa de bola e anulou o gol.

O Santos era bem melhor na partida, diante de uma Ferroviária que não conseguia articular uma jogada sequer. E finalmente teve um gol válido, aos 28 minutos. E foi um belo gol: Camacho lançou Marcos Leonardo, que tocou de “letra’’ para Lucas Braga emendar de primeira.

A vantagem, porém, não durou muito, por causa de uma falha coletiva da defesa santista. Auro deu espaço para João Lucas cruzar, num raro ataque do time da Ferroviária, e Hygor ganhou de Lucas Pires pelo alto para cabecear e empatar a partida.

A defesa santista, aliás, destruiu todo o bom trabalho ofensivo do time. Nova falha de Auro, que cortou uma bola para a entrada da área, permitiu a Thomaz dominar e bater no canto esquerdo de João Paulo, aos 44 minutos. Menos mal que novamente quatro minutos depois, Marcos Leonardo, na entrada da pequena área, aproveitou passe de Lucas Barbosa e empatou.

O início do segundo tempo mostrou o Santos com a mesma disposição ofensiva da etapa inicial. E o time poderia ter passado à frente no marcador aos 8 minutos, quando Marcos Leonardo deixou Ricardo Goulart na cara do gol, mas o meia chutou mal, por cima.

A defesa também manteve o nível, baixo, da primeira etapa, permitindo chegadas perigosas do time de Araraquara. Hygor, por exemplo, teve duas boas chances.

O Santos melhorou com as mudanças feitas por Bustos. Teve, aos 35 minutos, outro gol anulado, pois Leo Baptistão estava impedido. Baptistão, que substituiu Goulart, acertou o travessão logo depois. A Ferroviária passou a defender o empate e o Santos pressionou.

Mas aos 44 minutos, Kaiky colocou a mão na bola dentro da área. Bruno Mezenga bateu aos 45 e fez a vitória da Ferroviária. Pelo menos o Santos conseguiu evitar a derrota aos 48 minutos, com Baptistão empatando após escanteio.

FICHA TÉCNICA

FERROVIÁRIA 3 X 3 SANTOS

FERROVIÁRIA – Saulo, Vidal (Bernardo), Bruno Leonardo, Didi e João Lucas (Breno Lopes); Vitinho (Arthur), Rafael Luiz e Thomaz (Marquinhos); Hygor, Bruno Mezenga e Orejuela (Julio Vitor). Técnico: Elano.

SANTOS – João Paulo; Auro, Kaiky, Bauermann e Lucas Pires; Camacho (Sandry), Zanocelo (Jobson), Ricardo Goulart (Leo Baptistão) e Lucas Barbosa (Ângelo); Marcos Leonardo (Rwan) e Lucas Braga. Técnico: Fabián Bustos.

GOLS – Lucas Braga, aos 28, Hygor, aos 32, Thomaz, aos 44, e Marcos Leonardo, aos 48 do 1º tempo. Bruno Mezenga, aos 45, e Leo Baptistão, aos 48 do 2º.

ÁRBITRO – Luiz Flávio de Oliveira.

CARTÕES AMARELOS – Zanocelo, Thomaz, Camacho e Vidal.

PÚBLICO – 5.464 total.

LOCAL – Fonte Luminosa, em Araraquara.

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/1Vlih
Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desativar seu adblock para continuar!