fbpx
Geral

Reformado, Museu de Arte Contemporânea reabre nesta quarta com exposição

Depois de dois anos fechado para o público por causa da pandemia do coronavírus e, posteriormente, para reforma, o Museu de Arte Contemporânea (MARCO) reabre nesta quarta-feira (23), com a 1ª Temporada de Exposições 2022.

O evento que marca a retomada das atividades presenciais acontece a partir das 19 horas, com as exposições das artistas Arlete Santarosa com o trabalho “Xilos”, Patrícia Pontes e Mariana Arndt com as exposições de fotografias “Varais” e “Portunhol Selvagem Feminista” e o Coletivo com a exposição “Entre Territórios”.

“É muito importante para toda a sociedade essa reabertura do MARCO juntamente com as Temporadas de Exposições, uma vez que os últimos dois anos tem sido de muita apreensão por conta da pandemia. Mas agora acreditamos que, com a reabertura, o público vai voltar a frequentar o museu”, afirmou o diretor-presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul, Gustavo Cegonha.

Pandemia e reforma

Como aconteceu em todo o mundo, em 2020 diversos lugares tiveram que fechar as portas para o público, como forma de conter o avanço do coronavírus. No MARCO, o período fechado se prolongou por causa de obras de reforma que precisaram ser realizadas no espaço, após problemas no telhado.

Para solucionar o problema, o Governo do Estado investiu R$ 130 mil, recurso que também foi usado para renovar a pintura interna do espaço, por meio do programa “Retomada MS”, para garantir a volta com segurança das atividades no local. “É uma alegria poder voltar. A gente está morrendo de saudade do movimento, de ter gente”, concluiu a coordenadora do Marco, Lúcia Monte Serrat.

O Museu de Arte Contemporânea fica localizado na rua Antônio Maria Coelho, Parque das Nações Indígenas.

Joilson Francelino, Subcom
Fotos: Bruno Rezende

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/hrvp7
Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo