fbpx

Presidente da Santa Casa convida ministro da Saúde para conhecer hospital e diz que ‘tabela do SUS é defasada’

O presidente da Santa Casa de Campo Grande, Heitor Rodrigues Freire, esteve em Brasília esta semana para conversar com o ministro da saúde, Marcelo Queiroga. Além dele, outros representantes do hospital e os deputados federais Dr. Luiz Ovando (MS) e Ricardo Barros (PR), foram para a agenda, na última terça-feira (3). A principal reivindicação foi a tabela do SUS (Sistema Único de Saúde) que, segundo Freire, está ‘defasada’. 

Os representantes da instituição também pediram apoio para a reestruturação do parque tecnológico, do setor de TI (Tecnologia da Informação) do hospital, dizendo que está obsoleto, além de solicitarem recursos para a compra de novo aparelho de ressonância magnética. 

No caso da tabela SUS defasada, houve o pedido de mudança do modelo e tabela de remuneração, principalmente porque a Santa Casa se tornou referência em procedimentos de média e alta complexidade. A Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social (CEBAS), uma parceria entre educação e saúde, também foi um dos pedidos especiais ao ministro.

Deputado se disponibilizou a dialogar com ministro

Durante a visita, Queiroga recebeu convite para conhecer o hospital e também ajude no processo de estruturação da contratualização do hospital. Conforme a assessoria de imprensa do hospital, todos os assuntos protocolados serão acompanhados pelo deputado federal, Dr. Luiz Ovando, que se disponibilizou a dialogar com o ministro e cobrar o que for preciso.

Na ocasião, o ministro da saúde, Marcelo Queiroga, disse que é necessário ser feita uma reforma no sistema de saúde, melhorando a remuneração de hospitais que realmente atendem a população, como é o caso da Santa Casa de Campo Grande.

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/eDTdB
Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desativar seu adblock para continuar!