fbpx
Campo Grande

Prefeitura promove reunião pública no dia 28 de abril para apresentar plano de obras do microcentro | CGNotícias

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Campo Grande, 14/04/2021 às 15:54

A Prefeitura Municipal de Campo Grande convida a população para participar, no dia 28 de abril, às 15 horas, em formato virtual, da reunião pública de apresentação do plano de obras da região central da capital. Na ocasião, a coordenadora do Programa Reviva Campo Grande, Catiana Sabadin, e representantes das empresas vencedoras da licitação, vão detalhar o projeto, informar o cronograma de obras e mostrar como será feita a execução das intervenções. Para participar, basta acessar o novo site do Programa Reviva Campo Grande, Http://reviva.campogrande.ms.gov.br , sendo que a gravação da reunião será disponibilizada no mesmo canal de comunicação.

As obras da região central preveem a revitalização de mais de 21 quilômetros de vias, em mais de 80 quadras no perímetro que vai da Avenida Fernando Corrêa da Costa até a Mato Grosso e da Avenida Calógeras até a Rua 25 de Dezembro, incluindo ainda algumas extensões, como das ruas Marechal Rondon, Dom Aquino e Barão do Rio Branco, até as imediações da antiga rodoviária.

O projeto de revitalização consiste em uma série de melhorias na região, como recapeamento, instalação de lâmpadas de LED, microdrenagem, acessibilidade universal, padronização de calçadas, instalação de câmeras de videomonitoramento, arborização e paisagismo. Tudo para trazer mais dinamismo social e econômico, segurança e confortabilidade aos cidadãos.

Essa é a segunda etapa do Programa Reviva Campo Grande, financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O investimento será de R$ 60 milhões, um recurso que só pode ser aplicado na área central, conforme as regras do contrato. A primeira fase do Reviva foi a requalificação da Rua 14 de Julho, entregue à população em 2019, depois de 17 meses de obra. A revitalização da região central coincide com o novo olhar sobre as cidades, onde ruas mais largas, com melhor infraestrutura e segurança trazem uma configuração que possibilita o distanciamento social. O centro, de certa forma, vai se beneficiar por se tratar de uma via pública e não de um ambiente confinado, como os shoppings, por exemplo.

Efeito multiplicador

Ressalta-se que os investimentos em obras promovem um efeito multiplicador muito importante em momentos de crises econômicas, criando o que se chama de “ciclo virtuoso”, seja gerando empregos diretos e indiretos, seja movimentando o consumo em diversos setores produtivos. Para a região do microcentro, a expectativa de geração de empregos é de mais de 1.300 vagas. “Entendemos que, passada a pandemia, a revitalização da área central vai dar mais vida à região, fortalecendo o comércio e atraindo consumidores”, avalia a coordenadora do Reviva Campo Grande, Catiana Sabadin.

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios