fbpx
Polícia

Policiais civis prendem suspeitos de furto em chácara de colecionador de armas da Capital

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Campo Grande (MS): Policiais civis do Grupo de Operações e Investigações – GOI prenderam duas pessoas após um furto a uma chácara no bairro Chácara das Mansões, onde foram levadas diversas armas. O furto das armas foi registrado por volta do meio-dia desta quinta-feira (26). O responsável pelo local informou à Polícia Civil que possui registro CAC (Colecionados, Atirador desportivo e Caçador) e que a casa servia como depósito.

A equipe do GOI, após tomar conhecimento do furto, identificou imagens em que apareciam uma espingarda calibre .22 e uma carabina .44 escoradas, em uma camionete. A foto foi compartilhada em um grupo na rede whatsapp, sendo possível apurar a propriedade do veículo. A informação levou os investigadores a uma mecânica de motos na rua da Divisão, na qual o veículo foi localizado.

Ao conversarem com o proprietário do estabelecimento, de 41 anos, o mesmo confirmou que havia publicado a foto para anunciar a venda e que estava com as mesmas em seu estabelecimento. Ele contou aos policiais que suspeitou se tratar de produto de origem ilícita e anunciou no grupo para se desfazer delas.

O suspeito revelou ainda que pegou as armas e munições na parte da manhã, em uma chácara, mas não soube dizer o nome da pessoa que o havia entregue o material. Além das armas, o suspeito entregou aos policiais dois carregadores, 1.700 munições calibre .22 e 485 munições calibre .44.

Ele contou que não teria comprado as armas, apenas pegado para vende-las e que cobraria R$ 8.000,00 de um possível comprador.

Ao chegarem na chácara, um homem saiu de dentro de uma casa e correu para o mato. Policiais da ROTAC realizaram buscas pela mata e conseguiram prendê-lo.

O suspeito, de 37 anos, confirmou ter entregue as armas e que não realizado o furto sozinho, indicando um familiar como tendo participado da negociação. Ele contou que este familiar teria conseguido vender, ainda no período da manhã, uma espingarda calibre .12 e um fuzil .556, na cidade de Dourados.

As informações colhidas após sua prisão apontaram que foram furtadas um total seis armas de fogo, sendo duas localizadas pelo GOI, um revólver calibre .38, uma pistola calibre 9mm, além do fuzil e da espingarda. Ele revelou ainda que o fuzil e a espingarda haviam sido negociados com indivíduo conhecido como “Careca”, pelo valor de R$ 10.000,00, que teria vindo de Dourados a mando de alguém chamado de “Oreia”. A pistola e o revólver estariam em posse de seu genro, que não foi localizado.

Os dois detidos responderão pelos crimes de Receptação, Associação Criminosa, Posse Irregular de Arma de Fogo de Uso Permitido e Comércio Irregular de Arma de Fogo.

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios