fbpx
Polícia

Polícia Militar Ambiental prende e autua dois goianos em R$ 1,6 mil por crime de pesca e transporte de pescado acima da cota e apreende pescado e veículo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Campo Grande (MS) – Uma equipe da Polícia Militar Ambiental de Costa Rica prendeu dois pescadores por pesca e transporte de produto da pesca predatória. A PMA abordou hoje (2) no entroncamento das rodovias BR 059 e MS-315 um veículo Toyota Hilux e na carroceria encontrou em uma caixa térmica vários exemplares de peixes nativos de várias espécies, dentre eles, um da espécie jurumpesem e quatro da espécie jurupoca, que estavam com tamanhos inferiores aos permitidos pelas normas, o que é crime.

Além do pescado fora da medida permitida, pelas espécies transportadas (nativas), cada pescador só poderia estar com um peixe abatido, conforme a cota por lei, o que também é crime. Os pescadores afirmaram ter capturado os peixes no rio Taquari, no município de Coxim. O pescado, pesando 10 kg, a caixa isotérmica e o veículo foram apreendidos.

Os infratores, de 71 e 77 anos, residentes em Jataí (GO), receberam voz de prisão e foram conduzidos à delegacia de Polícia Civil de Costa Rica, onde foram autuados em flagrante por crime ambiental de pesca e transporte de produto da pesca predatória e saíram depois de pagar fiança. A pena prevista para o crime é de um a três anos de detenção. Os infratores também foram atuados administrativamente e foram multados em R$ 800,00 cada um. O pescado será doado para instituições filantrópicas.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios