fbpx
Polícia

Polícia Militar Ambiental de Porto Murtinho autua segundo infrator por danificar vegetação de Mata Atlântica e aplica multa de R$ 154 mil |

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Campo Grande (MS) – Um proprietário rural responderá por crime ambiental, com pena prevista de um a três anos de detenção e foi autuado administrativamente em R$ 154.000,00 ontem (2), por desmatamento ilegal de área de vegetação nativa de 21,63 hectares, medidos com GPS, dentro do bioma protegido de Mata Atlântica.

A autuação ocorreu, quando Policiais Militares Ambientais de Porto Murtinho realizavam fiscalização visando ao combate e prevenção à exploração ilegal da flora e verificaram o desmatamento ilegal na propriedade rural do infrator, no município, localizada a 220 km da cidade.

O fazendeiro (62), residente em Campo Grande, suprimiu a vegetação para o plantio de pastagem e não possuía autorização ambiental para a atividade. A madeira proveniente do desmatamento ainda se encontrava em leiras no local. Ele foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA) junto ao órgão ambiental estadual.

Este foi o segundo autuado em dois dias. Outro infrator havia sido autuado no dia 1º por desmatamento de 50 hectares de vegetação de Mata Atlântica em outra propriedade no município.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios