fbpx
Polícia

Polícia Militar Ambiental de Jardim fiscaliza o rio da Prata e Formoso onde a pesca é proibida e apreende petrechos ilegais |

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Campo Grande (MS) – A Polícia Militar Ambiental de Jardim recebeu denúncias de possível atividade de pesca nos rios da Prata e Formoso (rios com pesca proibida) e realizou fiscalização desde à tarde de ontem até o final da manhã hoje (21) nos dois rios e também no rio Miranda, no sentido de prevenir e reprimir a pesca predatória.

Durante os trabalhos foram apreendidos 47 anzóis de galho e dois espinheis com 15 anzóis cada um (petrechos proibidos). 19 anzóis de galho e um dos espinheis estavam nos rios da Prata e Formoso, demonstrando que os pescadores não se arriscam a se manter em atividade de pesca nesses rios onde a atividade é proibida, porém, armam os petrechos ilegais devido ao pouco tempo de exposição para armá-los e normalmente fazem isso à noite, o que dificulta a prisão. Os proprietários dos petrechos ilegais não foram identificados.

Mesmo que não sejam presos esses infratores, a intensificação deste tipo de fiscalização para a retirada desses petrechos com alto poder de captura evita a degradação dos cardumes. Uma das maiores preocupações da PMA é relativa à retirada dos rios desses petrechos proibidos que são armados por infratores, principalmente as redes de pesca que têm alto poder de captura e depredação de cardumes. Existe muita dificuldade de se prender os autores devido ao pouco tempo de exposição nos rios na atividade ilegal.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios