fbpx
Polícia

Polícia Militar Ambiental de Cassilândia prende e autua em R$ 2 mil pescador em flagrante por pescar com tarrafa no rio Aporé |

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Campo Grande (MS) – Policiais Militares Ambientais de Cassilândia realizavam fiscalização ambiental no rio Aporé no município, nas proximidades da foz do córrego Palmito e prenderam hoje (19) um pescador surpreendido pescando com utilização de tarrafa. A PMA avistou o pescador fazendo uso do petrecho proibido à margem do rio. Quando ele avistou os policiais, empreendeu fuga, porém, assim que a equipe desembarcou e deu ordem de parada, o pescador atendeu e foi alcançado e preso.

O infrator iniciava a pescaria e tinha capturado apenas quatro exemplares de peixes, pesando 8,3 kg. O pescado e a tarrafa foram apreendidos. O pescador, de 31 anos, morador em Cassilândia, recebeu voz de prisão e foi conduzido, juntamente com o material apreendido, à Delegacia de Polícia Civil daquela cidade, onde ele foi autuado em flagrante por crime ambiental de pesca predatória. A pena para este crime é de um a três anos de detenção. O autuado também foi autuado administrativamente e multado em R$ 2.180,00.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios