fbpx
Polícia

Polícia Militar Ambiental de Campo Grande resgata anta de 200 kg com a pata quase decepada por cabo de aço de armadilha de caça e usa até pá-carregadeira nos trabalhos |

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Campo Grande (MS) – Policiais Militares Ambientais de Campo Grande receberam um comunicado hoje (22) à tarde, da proprietária de uma fazenda, localizada na região da gameleira, a cerca de 17 km de estrada não asfaltada, informando que uma anta ferida fora beber água em um lago da fazenda e não conseguia sair, porque estava com a pata ferida.

Uma equipe da PMA, juntamente com um funcionário e uma estagiária do CRAS, foram ao local e verificaram que o animal silvestre da espécie Tapirus terrestris (anta), estava ferido gravemente dentro da lagoa. Havia um cabo de aço, que os Policiais identificaram como pertencente a um tipo de armadilha de caça e que a anta teria conseguido rompê-lo do local de onde estaria amarrado, porém, com resultado de um ferimento que quase decepou sua pata.

A equipe capturou e amarrou a anta e solicitou ajuda de uma máquina da fazenda para levá-la até a viatura, devido ao difícil acesso no local. O animal, um macho, com aproximadamente 200 kg, que aparentava estado crítico, foi resgatado, colocado na viatura e levado urgentemente para atendimento médico veterinário no Centro de Reabilitação de Animais silvestres (CRAS). No momento, às 17h15 a anta está passando por cirurgia executada por veterinários do CRAS, para a retirada do cabo de aço e tratamento do ferimento.

(captura e transporte à viatura)

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios