fbpx
Polícia

Polícia Militar Ambiental de Bataguassu fecha carvoaria que funcionava irregularmente e autua proprietário de fazenda em R$ 4,5 mil |

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Campo Grande (MS) – Policiais Militares Ambientais de Bataguassu realizavam fiscalização ambiental no município de Santa Rita do Pardo e localizaram hoje (8), uma carvoaria com 17 fornos que funcionava de forma ilegal em uma fazenda, a 15 km da cidade. A atividade pertencente ao proprietário da fazenda possuía licença para funcionar com apenas 15 fornos, porém, estavam em atividade 24 fornos. Portanto, em desacordo com as condicionantes da licença.

A madeira transformada em carvão era proveniente de madeira plantada da espécie eucalipto. 175 sacas de carvão foram apreendidas. As atividades foram paralisadas. O infrator (52), residente em Presidente Prudente (SP), foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 4.500,00 por funcionar atividade potencialmente poluidora em desacordo com a autorização ambiental obtida. A pena para esse crime é de três a seis meses de detenção.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios