fbpx
Polícia

Polícia Militar Ambiental autua em R$ 10 mil mulher de 32 anos detida pela PRF por tráfico de filhotes de papagaios |

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Campo Grande (MS) – O período de agosto a dezembro é preocupante com relação ao tráfico de animais silvestres, pois é o período reprodutivo dos papagaios que é o animal mais traficado no Estado. A PMA mantém trabalhos preventivos nas propriedades rurais para prevenir a retirada dos animais e aliciamentos de funcionários de fazendas e assentados pelos traficantes, para a retirada dos filhotes e há três anos desenvolve a operação Bocaiúva voltada à prevenção à retirada dos papagaios dos ninhos, em conjunto com o IBAMA.

Neste período crítico, os outros órgãos de segurança formam também força conjunta neste trabalho fundamental contra o tráfico, que em Mato Grosso do Sul resume-se praticamente aos filhotes de papagaios, especialmente, na região de divisa do estado de São Paulo e um pouco menos na divisa com o estado do Paraná.

Hoje (25), Policiais Militares Ambientais de Bataguassu que trabalham na operação Bocaiúva foram acionados pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) e autuaram administrativamente (multa ambiental) uma mulher de 32 anos, que estava com dois filhotes de papagaios ilegalmente, em seu veículo Chevrolet Onix abordado no km 18 da BR 267. A mulher foi detida pela PRF e responderá por crime ambiental e poderá pegar pena de seis meses a um ano de detenção.

A mulher informou que pegou os animais em Ponta Porã e levaria para sua cidade. A PMA autuou administrativamente a infratora, residente em Mogi Mirim (SP), e arbitrou multa de R$ 10.000,00. A multa será julgada pelo órgão ambiental de Mato Grosso do Sul (Imasul). As aves serão encaminhadas ao Centro de Reabilitação de Animais Silvestres (CRAS) na Capital.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios