Polícia

Polícia diz ser prematura versão de suicídio em acidente que matou 3 na BR-262 em MS

Polícia irá ouvir testemunhas e sobreviventes esta semana para ter mais detalhes sobre caso

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Polícia Civil não confirmou que o acidente na BR-262 que matou três pessoas neste domingo (20) em Anastácio, pode ter sido causado por um suicídio do motorista Edmar Caires, 38 anos.

Conforme o delegado Jackson Frederico Vale, qualquer informação é prematura e a polícia aguarda a perícia para dar andamento às investigações. “O sobrevivente do veículo em que estava Edmar perdeu a esposa no acidente e está em luto. Ainda não conversamos com ele, nem outros sobreviventes para saber as causas do acidente e oficializar qualquer informação”, ressaltou o delegado ao Jornal Midiamax.

O delegado ainda informou que pretende ouvir as testemunhas e sobreviventes esta semana para ter mais detalhes sobre o caso. “Além do luto, os envolvidos estavam em um momento de tensão, em estado de choque. Só vamos ter uma posição depois que conversamos tranquilamente com eles”, afirmou Jackson.

O trecho onde ocorreu o acidente foi periciado neste domingo (20) e também nesta segunda-feira (21).

Suposto suicídio

A PRF (Polícia Rodoviária Federal) chegou a divulgar nesta segunda, que o acidente pode ter sido causado por um suporto suicídio de Edmar Caires, condutor do veículo Ford Ecosport. Segundo a assessoria do órgão, o sobrevivente do Ecosport teria afirmado que Edmar chocou o veículo intencionalmente contra o Honda CR-V.

Ainda nesta tarde, a PRF enviou nova nota à imprensa, afirmando estar errada sobre as informações de um possível suicídio. Conforme a PRF, a testemunha teria mostrado uma versão ‘não contundente’ sobre a causa do acidente.

“Inicialmente, a testemunha hospitalizada declarou verbalmente aos policiais que atenderam a ocorrência que se tratava de uma ação de suicídio. Posteriormente, o homem recusou prestar essa mesma declaração por escrito”, afirma a PRF.

Segundo o órgão “não se pode descartar hipótese de sonolência, mal-súbito e a mais provável, de suicídio”.

Acidente

Edmar Caires conduzia o veículo Ecosport e teria invadido a pista contrária, colidindo de frente com um Honda CR-V. Caires, uma passageira do Ecosport identificada como Janice Francisco Antônio, de 34 anos, e o condutor do CR-V, Ivaldo Cristian Figueira Santos, 39 anos, morreram com a colisão.

Um veículo Gol que seguia na via atrás do CR-V também envolveu-se no acidente. Uma ciclista que seguia no acostamento também foi atropelada.

De acordo com a PRF, no CR-V havia dois outros passageiros – um está em estado grave e outra teve lesões leves. No Gol, o motorista e mais quatro passageiros também tiveram lesões leves.

Via
Midiamax
Etiquetas
Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar