fbpx
Polícia

Polícia Civil prende mulher suspeita de tráfico de drogas em Ribas do Rio Pardo

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ribas do Rio Pardo (MS): Na manhã desta sexta-feira (30), a Polícia Civil, através do Setor de Investigações Gerais (Sig) de Ribas do Rio Pardo e um Sargento da Polícia Militar prenderam em flagrante uma mulher, de 22 anos, suspeita de praticar o crime de tráfico de drogas.

Por volta das 8h00, um investigador diligenciava com a viatura caracterizada da Polícia Civil pela Rua Argeu Silveira Lima, esquina com a Av. Senador Filinto Muller, quando avistou um indivíduo conhecido dos meios policiais por ser usuário de drogas. O policial efetuou abordagem e busca pessoal no indivíduo, e encontrou em um de seus bolsos uma trouxinha de uma substância análoga à pasta-base de cocaína.

Em breve entrevista ao usuário, ele informou  que comprou a substância de uma mulher em uma “biqueira” no Bairro Jabour, pelo valor de R$ 30,00. Essa mulher de 22 anos  também já era conhecida no meio policial pela prática de tráfico de drogas, e o barraco onde está habitando e comercializando entorpecentes já foi várias vezes utilizado para a mercancia de drogas e alvo de operações policiais.

O usuário de drogas foi conduzido à Delegacia para fornecimento de depoimento formal e confecção do boletim de ocorrência. Logo em seguida, havendo fundados indícios de tráfico de drogas, o investigador responsável pelas diligências iniciais chamou apoio de um Delegado e de um Sargento da Polícia Militar e ambos realizaram a incursão na residência da suspeita. 

Em buscas no imóvel, os policiais lograram êxito em encontrar no quarto da suspeita três porções de pasta-base de cocaína, além de bastante dinheiro trocado e várias sacolas picotadas, indicando que o local funcionava como ‘boca de fumo”.Depois do encontro de entorpecentes no local, a mulher acabou confessando o tráfico de drogas, bem como ter vendido ao usuário anteriormente detido pela polícia pasta-base de cocaína, cerca de meia hora antes da incursão policial.

 Diante dos fatos, a suspeita recebeu voz de prisão pela prática do crime de tráfico de drogas e foi conduzida à Delegacia para as providências cabíveis. Pelo fato de a suspeita ser reincidente específica, já que possui condenação anterior transitada em julgado por tráfico de drogas, ela permaneceu custodiada à disposição da Justiça, sendo que a Autoridade Policial representou por sua prisão preventiva.

Texto: acadêmica Fernanda Müller 

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios