fbpx
Polícia

Polícia Civil esclarece latrocínio tentado, apreende dois adolescentes, e prende mandante do crime

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dourados (MS): Na manhã de ontem (16), investigadores do Setor de Investigações Gerais da Polícia Civil em Dourados tomaram conhecimento de uma tentativa de roubo na modalidade “falso frete” em que os autores, ao perceberem que a vítima iria fugir, dispararam contra o mesmo. A vítima teve que ser socorrida para cuidados médicos, tendo o disparo acertado o braço, próximo a região do tórax.

Segundo as informações preliminares a vítima teria sido contratada para levar uma mudança com seu veículo um caminhão baú, sendo que pegou os suspeitos na região do Jardim Colibri e teria os levado próximo a Embrapa, onde o assalto foi anunciado e os autores apresentaram uma arma de fogo um revólver calibre 38 cromado.

A vítima teria ficado assustada e tentou fugir momento em que foi alvejada por um disparo. Os criminosos então desistiram do crime e fugiram.

A partir daí os investigadores passaram a diligenciar em busca dos autores, e receberam informações que levaram até um adolescente. Ao perceber a chegada dos policiais em sua residência, no Bairro Esplanada, o adolescente tentou fugir, porém foi capturado.

Inicialmente o mesmo não soube informar correndo, mas ao ser comunicado do motivo que levou as equipes a sua residência, ele confessou os fatos. No local, em buscas, os investigadores localizaram a arma utilizada no crime.Imagens: Divulgação

O adolescente acabou indicando quem seria o seu comparsa, bem como narrou que foi contratado por uma pessoa que estava presa na PED de Dourados.

Diante dessa informação os investigadores passaram a diligenciar em busca do segundo envolvido que também era adolescente. Ao chegarem em um dos possíveis imóveis onde o adolescente estaria, no bairro Harrisson de Figueiredo, os policiais avistaram o suspeito que ao ver os policiais passou a fugir, sendo capturado três horas após com apoio das demais forças policiais de Dourados.

Diante dessa situação os adolescentes, de 16 e 17 anos, foram conduzidos ao SIG. Na unidade os investigadores receberam informações sobre um terceiro envolvido nos fatos que também residia na região do Jardim Esplanada. Os investigadores passaram a monitorar o local, mas o morador não voltou a residência, todavia os policiais descobriram seu local de trabalho e, ao deslocarem ao local, encontraram com a pessoa, um homem, que estava com algumas porções de maconha, típicas de tráfico em seu bolso.

Diante dessa constatação os policiais resolveram averiguar seu armário em seu local de trabalho, sendo encontrado mais entorpecente. Com estas evidências os policiais também realizaram buscas na casa do investigado, ondem foram encontradas mais porções de entorpecentes, além de uma balança de precisão e R$ 200 em dinheiro. Ele confessou o tráfico de drogas. Após pesada, a maconha do tipo “bucha” totalizou 1,9 quilo.

Já em relação ao latrocínio, ele negou a participação efetiva, narrando apenas que apresentou o mandante aos executores, mas acreditava que era para prática do crime de tráfico. Foi apresentado aos envolvidos a foto de um interno que já vinha sendo investigado pela equipe do SIG por determinar crimes de dentro do presídio. Tanto os adolescentes quanto o maior o reconheceram como sendo o mandante do crime.

O interno foi retirado da PED e conduzido até ao SIG para os procedimentos. Os adolescentes foram apreendidos pelo ato infracional análogo ao crime de latrocínio na forma tentado e o maior pelo crime de tráfico de drogas e foi indiciado pelo crime de latrocínio. Já o interno foi preso em flagrante pelo crime de latrocínio na forma tentada e corrupção de menores.

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios