fbpx
Polícia

PMA de Mundo Novo autua outro assentado do assentamento Conquista em R$ 50 mil por manter gado causando erosões em área protegida de reserva legal |

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Campo Grande (MS) – Depois que Policiais Militares Ambientais de Mundo Novo autuaram um assentado do assentamento Conquista, no município de Tacuru ontem (1) ao receberam reclamação de assentados, de que o infrator estaria criando gado dentro da reserva legal do assentamento, prejudicando a recuperação da área que era usada pelo infrator como pastagem, moradores do assentamento ligaram hoje (2) para a PMA novamente para denunciar mais um assentado pelo mesmo motivo.

Os policiais foram ao local hoje (2) novamente e confirmaram a denúncia, verificando-se a presença de 50 cabeças de gado pertencente ao denunciado de 37 anos, dentro da área protegida, que estava cercada e em recuperação. O pisoteamento do gado, além de impedir a regeneração da área, ainda estava causando processos erosivos de ravinas na área protegida.

O infrator, residente em Tacuru, foi notificado a remover o gado da área protegida no prazo de 24 horas. Ele foi autuado administrativamente e multado em R$ 50.000,00 e também responderá por crime ambiental, com pena prevista de um a três anos de detenção. É importante verificar a preocupação dos assentados com a conservação ambiental na área do assentamento.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios