fbpx
Polícia

PMA de Jardim autua infrator em R$ 25 mil por degradação de matas ciliares e erosões em propriedade rural contribuindo com danos ao rio da Prata |

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Campo Grande (MS) – Policiais Militares Ambientais de Jardim estão realizando fiscalização em propriedades rurais para localizar as fontes do problema de turbidez da água do rio da Prata, especialmente depois de chuvas e ontem (5) localizaram uma fazenda no município, a 37 km da cidade, a total falta de cuidados com a conservação do solo acarretando problemas ambientais ao rio da Prata.

Os Policiais verificaram processos erosivos do tipo ravinas e voçorocas, de onde há carreamento de sedimentos ao rio. Na vistoria, a PMA verificou que a falta de conservação do solo, pela não dotação de medidas protetivas como terraceamento e outras, geraram o problema ambiental e, além disso, o pisoteio do gado nas áreas de matas ciliares que não estavam protegidas, também contribuía com a degradação da protegida e consequentemente do curso d’água.

Processos erosivos.

O proprietário da fazenda (79), residente em Campo Grande, foi autuado administrativamente e foi multado desta vez em R$ 25.000,00 por degradação de área de preservação permanente e poderá responder por crime, com pena prevista de um a três anos de detenção. O autuado também foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA), junto ao órgão ambiental, dessa nova área também. Os autos também serão encaminhados ao Ministério Público para possível abertura de ação civil pública de reparação dos danos ambientais.

A PMA continuará verificando outras propriedades com problemas de conservação do solo que possam estar contribuindo com o problema da turbidez denunciada da água do rio da Prata, que tem ocorrido em sequência às chuvas, em virtude de sedimentos carreados.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA POLÍCIA MILITAR AMBIENTAL – PMMS – (Contato – TENENTE CORONEL EDNILSON PAULINO QUEIROZ) tel. – 3357-1500

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios