Sociedade‎

Partida entre Operário e Corumbaense termina com bala de borracha e prisão

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Pelo menos um torcedor foi detido, na tarde deste domingo (20), após confusão no estádio Pedro Pedrossian, o Morenão, no fim da partida entre Operário e Corumbaense. Os torcedores deixavam as dependências do estádio, logo após o fim do jogo, quando teve início uma briga no local. Objetos foram atirados entre integrantes das torcidas rivais, houve xingamentos e foi preciso intervenção por parte de polícias do Choque que fizeram uso de bala de borracha para controlar a situação.

Um homem, que estava com uma criança no colo, chegou a ser atingido na nuca por um dos disparos. “Eu não estava envolvido na briga, estou com minha mãe e meu padrasto, e estávamos saindo”, revelou rapidamente o torcedor que não se identificou.

Os torcedores do Operário foram os primeiros a deixar o estádio. A saída foi realizada uma por vez, justamente para evitar confusão. No entanto, torcedores operarianos teriam dado início as provocações, antes mesmo do portão da torcida corumbaense ser aberto. Após abertura, teve início o confronto entre torcedores, momento em que os policiais interviram.

Parte da estrutura colocada para separar os torcedores, mesmo fora do estádio (Foto: Samuel Isidoro)Parte da estrutura colocada para separar os torcedores, mesmo fora do estádio.

A reportagem entrou em contato com a Polícia Militar e o Choque e aguarda retorno. Não há confirmação de quantas pessoas foram presas e para onde o torcedor que aparece sendo detido foi encaminhado.

 

Já a FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), confirmou a confusão após o encerramento do jogo. “A intervenção foi necessária, mas tudo foi resolvido rapidamente”, revelou o vice-presidente, Marco Antonio Tavares.

Apesar da briga, a partida entre Sete de Setembro e Águia Negra, marcada para às 19h de hoje, no mesmo estádio, está mantida. A reportagem não conseguiu contato com a direção dos times envolvidos.

Via
Campo Grande News
Etiquetas
Mostrar mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios