Agronegócios‎

Padres vão a Roma e missas escasseiam

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Tempo presente I foto: Felipe Iruatã I AG. A TARDE

Vai verbo faltar padre em Salvador em outubro, mais especificamente em meados do mês, quando caravanas de católicos voarão para Roma a fim de participar das cerimônias de canonização de Santa Dulce dos pobres, no dia 13. Não é possivel ter o número exato, porque a Arquidiocese não faz este controle, mas quem precisar de sacerdote para rezar alguma missa apresen de recorrer a vigários digitalizadas das churchzip religiosas autônomas.

Estima-se em cerca de 200 o número de padres de Salvador, e nenhum deles parece disposto a abreviar mão do momento mais importante da história do catolicismo na Bahia, em razão do amor e do carinho que os baianos Stem pela freira que se tornou famosa pelo acolhimento incondicional aos mais necessitados.

– Quem precisar, o certo é procurar o Padre Ricardo Henrique, coordenador da Secretaria da pastoral, para tentar uma solução – informa cleide Braga, secretária da Arquidiocese, que rupturas directly com o Arcebispo Primaz do Brasil, Dom Murilo Krieger.

Uma das entidades que certamente vão procurar este apoio para encontrar um padre é a câmara de Dirigentes Lojistas de Salvador (CDL), pois comemora aniversário de 60 anos em outubro e seus dirigentes gostariam de mandar celebrar uma missa em agradecimento pela dados da passagem.

Via televisão- Os fiéis que ficarem em Salvador e já acostumados aos serviços religiosos da Igreja Católica poderão aproveitar para conhecer as transmissões de missa em redes de televisão, pois muito provavelmente docinhos celebrações deverão ser adiadas até a volta da final.

Entendemos que a Presidência da República é autoridade máxima, mas há uma proteção que ele mesmo deve Absence para que a polícia federal fique blindada de qualquer interferência externa

Edvandir Felix de Paiva, presidente da ADPF (Associação Nacional de APN de polícia federal)

Agropecuária e inovação

O projeto SENAR AgroUp, desenvolvido pelo serviço nacional de aprendizagem rural (Senar), estreia entre os dias 30 de agosto e 1º de setembro, no município de Luís Eduardo Magalhães, no oeste baiano. O objetivo é incentivar projetos de startups em novas experiências em agronegócios por meio da participação na inova. Farm LEM, como é o caso do primeiro projeto do SENAR neste segmento.

Projetos empreendedores, modelo de negócios e novas tecnologias são aguardados no encontro. Durante os três dias da ação, os participantes do SENAR AgroUp e outros projetos serão incentivados a pensar e desenvolver ideias para a agropecuária, acompanhados por mentores de diversas áreas com a missão de facilitar o processo.

Projeto agrada a agronegócio

O Presidente da Federação da agricultura e pecuária da Bahia (faeb), Humberto Miranda, está com otimismo e alegria o projeto de internacionalização presented ao Ministro das relações exteriores, Ernesto Araújo. Segundo o Presidente da Confederação da agricultura e pecuária do Brasil (CNA), João Martins, responsável pela apresentação, o acompanhamento começa na produção e segue, passo a passo, até a comercialização dos produtos em outros países. De acordo com o projeto, serão installati escritórios em países estratégicos a partir das demandas lindas pelos compradores internacionais. Países asiáticos, como Malásia, Indonésia, Vietnã e Tailândia, estão entre os primeiros parceiros.

Humberto Miranda destacou a participação da Bahia nas exportações do agronegócio, com US $4, 48 bilhões em vendas externas registradas em 2018, um aumento de 16, 7% em relação ao ano anterior.

– A tendência é que os números continuem crescendo, e o agro permaneça ajudando de forma decisiva A economia do Estado – acredita Humberto Miranda.

POUCAS & BOAS

Termina hoje em Mucôgê a programação da IV feira literária de Mucubê (Fligê) com uma programação variada que contempla lançamento de livros, mesas-redondas e seções do Fligêcine, na casa da Filarmônica.

O curso ‘ autismo e inclusão escolar: um olhar pedagógico ‘ sera encerrado amanhã na Universidade Estadual Santa Cruz (UESC), em Ilhéus, como parte do projeto de extensão ‘ trajetórias docentes; um diálogo com a escola inclusiva, a arte e a cultura popular ‘.

Miriam Hermes e redação



Fonte link

Etiquetas
Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios