fbpx
Polícia

Operação Euphractus cumpre mandados de prisão e busca e apreensão em Inocência

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Inocência (MS): A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Inocência, realizou na manhã da última sexta-feira (14), operação “Euphractus”, com objetivo de cumprir mandados de prisão e de busca e apreensão, expedidos contra integrantes de associação criminosa ligada ao PCC e que desenvolvia atividades ligadas ao tráfico de drogas na cidade.Imagens: Divulgação

A operação é fruto de mais de seis meses de investigação, onde os investigados foram monitorados. Nesse período foi possível colher várias provas de que os investigados atuavam no tráfico de drogas em Inocência.

A organização criminosa alcançava todas as classes sociais na cidade, no entanto, alguns dos investigados tinham como “público alvo”, em especial, jovens de classe média, que estavam sendo viciados no consumo de cocaína.

Conforme destacou o delegado Rodrigo Evaristo, além de presos, os investigados sofrerão a apreensão e o bloqueio de bens, com o fim de desarticular financeiramente a associação criminosa.

Imagens: DivulgaçãoO nome dado à operação faz alusão ao nome científico do tatu, apelido utilizado pelo principal integrante do grupo.

Ao todo foram cumpridos 8 mandados de prisão e 6 de busca e apreensão. Ainda, durante as atividades, foram realizadas duas prisões em flagrante por tráfico de drogas. Um dos procurados foi encontrado na cidade de Cassilândia.

A operação contou com o apoio da Delegacia Regional e Primeira Delegacia de Paranaíba; das delegacias de Chapadão do Sul, Cassilândia e Paraíso das Águas; das Unidades da Polícia Militar de Paranaíba e Inocência; do Canil do Batalhão de Choque da Polícia Militar, situado em Campo Grande e da Polícia Rodoviária Federal.

 

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios