fbpx
Polícia

Operação “Casa de Papel” da Polícia Civil prende quatro pessoas, apreende dois adolescentes e sequestra bens em Ivinhema.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ivinhema (MS): A Delegacia da Polícia Civil de Ivinhema, com apoio de outras delegacias da região, realizou, na manhã de hoje (4), operação de combate ao tráfico de drogas, associação para o tráfico, lavagem de dinheiro e crimes patrimoniais como receptação e furto. Os agentes cumpriram dois mandados de prisão, nove de busca e apreensão, sequestro de cinco carros e um imóvel, além de prender quatro pessoas, em Ivinhema/MS.

O primeiro mandado de prisão preventiva foi cumprido em face de um indivíduo do sexo masculino, de 42 anos, investigado pelos crimes de tráfico drogas de cocaína, associação para o tráfico e lavagem de dinheiro.

Durante o cumprimento do mandado de prisão e de busca e apreensão na casa do suspeito, ainda foram encontrados uma arma de fogo calibre .38 com 06 munições intactas, 100 gramas de haxixe, 430 gramas de cocaína, uma balança de precisão, uma prensa artesanal utilizada para o embalo de droga, aproximadamente 172 gramas de ouro e R$ 472 reais, além de outros objetos de valores econômicos elevados e incompatíveis com a atividade dos investigados.

Diante dos fatos, tanto o investigado como sua esposa, uma mulher de 30 anos, foram autuados em flagrante pelos delitos de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo. Ainda na mesma residência foram cumpridas as ordens judiciais de sequestro de veículos e de um imóvel que teriam sido adquiridos pelos investigados com o proveito econômico do tráfico de drogas.  

Já o outro mandado de prisão foi em desfavor de um homem, de 28 anos, pelo delito de tráfico de drogas, o qual teria sido identificado como fornecedor de drogas em Ivinhema. Em seguida, uma mulher de 26 anos foi presa em flagrante por receptação, após uma furtada ter sido encontrada em sua posse. Além dela, dois adolescentes, um de 13 e outro de 16, foram apreendidos em flagrante, um pelo por fato análogo ao tráfico de drogas e outro por portar drogas para consumo pessoal.Imagens: Divulgação

“Operação Casa de Papel” faz referência ao apelido do alvo principal da ação conhecido pelos demais investigados pelo apelido de “Professor”, o qual foi preso preventivamente e autuado em flagrante pelos delitos de tráfico de drogas e posse irregular de arma de fogo.     

As delegacias de Ivinhema, Angélica, Batayporã, Taquarussu, Santa Rita do Pardo, o Setor de Investigações Gerais (SIG) da 1ª Delegacia de Bataguassu, a 1 ª Delegacia de Nova Andradina e seu SIG.

Por fim, o delegado ressalta que a ação da polícia é resultado da continuidade do trabalho que está sendo realizado nos últimos meses na cidade de Ivinhema e que somente foi possível diante da atuação também do Ministério Público e do Poder Judiciário ao analisar as medidas representadas durante as investigações.

Texto: Acadêmico Ramon Mattos

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios