fbpx
Política

Murilo aposta em chapas proporcionais do União Brasil e diz que debate de vice e Senado ficam para futuro

O vice-governador de Mato Grosso do Sul, Murilo Zauith (União Brasil), disse neste sábado (19) ao Jornal Midiamax que aposta em construir chapa ‘consistente’ para as proporcionais e acredita que o debate sobre o vice de Rose Modesto – pré-candidata ao Governo de MS -, assim como nome para o Senado devem ser definidos “mais para frente”.

“Penso que é cedo para fala em vice. Estamos em fase de busca de parceiros, o partido vai montar chapa de estadual e federal. Penso que a vaga de senador e vice vai ser discutida mais para frente. Temoso até o dia 2 para fazer filiações para chapa estadual e federal consistentes, com chance de eleger deputados”, avaliou.

Para Murilo, o momento é de organizar novas filiações. “Temos até o dia 2 e esperamos receber várias filiações”. Até o momento, além do Podemos, o União Brasil em MS já fechou coligação com o AVANTE e o PROS. Pelo menos outras duas siglas mantêm conversas para compor aliança com a sigla do vice-governador.

Murilo tem participado ativamente das reuniões sobre definiçoes do União Brasil em MS e acredita que “o partido vai caminhar unido”.

Por questões de saúde, o vice-governador não participou do evento organizado pelo Podemos – partido que firmou aliança com o União Brasil – em Dourados para discutir propostas de Rose para a região, mas destacou a importância da visita da deputada federal à região. “Ela está em reunião com vários partidos que querem fazer caminhada junto com o União Brasil com a Rose como candidata”.

Na semana passada, o ex-ministro da saúde, Luiz Henrique Mandetta confirmou sua pré-candidatura ao Senado pelo União Brasil. 

No evento, Rose pontuou a impotância da presença feminina na política e lembrou que pode ser a primeira candidata mulher a disputar o governo do Estado. “A região da Grande Dourados é de grande importância e precisa de uma representantatividade forte na minha chapa. Vou encontrar alguém que sonhe com um MS melhor”, destacou Rose. 

Por outro lado, o Podemos acredita ser possível indicar um nome forte para compor chapa na chapa de Rose. “O apoio do Podemos vai ter um candidato a vice ou senado para a grande Dourados”, disse o presidente municipal do partido, Izomar Galeano.

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/wMMsU
Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo