fbpx
Capital

Linha de pipa deixou 2,3 mil moradores sem energia elétrica neste domingo

Energisa alerta para os riscos que soltar pipa próximo da fiação podem oferecer

Na semana passada, quase 4 mil moradores do Ramez Tebet passaram pela mesma situação. (Foto: Energisa)
Na semana passada, quase 4 mil moradores do Ramez Tebet passaram pela mesma situação. (Foto: Energisa)

Linha de pipa que se prendeu à rede elétrica deixou 2.317 moradores  do Bairro Guanandi sem energia neste domingo (20). O problema, que tem se tornado recorrente, preocupa a concessionária de energia elétrica, tanto pelas interrupções no fornecimento, quanto pelo risco de choque a quem levanta pipa próximo dos fios energizados.

A Energisa informou que no episódio de hoje, o serviço foi restabelecido às 17h13. Em nota, a empresa fez um alerta e lembrou da necessidade de que cuidados sejam observados.

“Ações como essa causam transtornos como os desligamentos. A empresa lembra as orientações para não empinar pipas perto das redes elétricas e reforça sobre o cuidado para evitar acidentes, como descargas elétricas, que podem deixar sequelas como queimaduras graves e, em casos mais extremos, causar a morte”, diz o texto.

No último 9, quase 4 mil pessoas também ficaram sem energia elétrica depois de uma pipa atingir fiação no Bairro Ramez Tebet. Imagens feitas pela Energisa na ocasião mostram destroços ainda pendurados nos fios.

 Ao verificar pipa presa à rede elétrica, entre em contato com a Energisa por meio dos canais de atendimento: 0800 722 7272, aplicativo Energisa On ou pelo WhatsApp Gisa (67) 99980-0698.

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/QA9ec
Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo