fbpx
Polícia

Integrantes de associação criminosa responsável pelo tráfico de drogas são presos pela Polícia Civil de Bonito

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Bonito (MS): A Polícia Civil de Bonito prendeu em flagrante, no fim da tarde desta quarta-feira (11), três homens suspeitos associarem-se para a prática do crime de tráfico de drogas na cidade. Os suspeitos foram detidos após a Polícia Civil cumprir mandados de busca e apreensão na residência de um deles, que servia como ponto de venda de entorpecentes.

Os homens, de idades entre 19 e 28 anos, foram surpreendidos, durante a realização das buscas, com drogas, objetos provenientes de crimes de furto, além de grande quantidade de dinheiro. Os investigadores localizaram, ainda, três espingardas de pressão, avaliadas no valor médio de R$ 2.500,00, que haviam sido furtadas por dois adolescentes em uma loja de caça na semana passada, conforme veiculado pela Polícia Civil.

Um dos suspeitos, um jovem de 19 anos, foi denunciado em novembro do ano passado, pelo Ministério Público de Campo Grande, pela prática do crime de tortura. Segundo apurou as investigações à época, o suspeito preso ontem pela Polícia Civil de Bonito, teria mantido em cárcere privado outras duas pessoas para tortura-las. A ordem de tortura teria vindo de dentro do presídio, por integrante de organização criminosa que tem, dentre suas atividades, o tráfico de drogas em todo o País.

A Polícia Civil de Bonito, montou operação para investigar os suspeitos, apurou que os homens se associaram para comercializar drogas no município, de modo que cada um deles tinha uma posição definida na venda do entorpecente. Enquanto um deles trazia a droga de Jardim e o outro administrava o ponto da venda, o terceiro trabalhava como entregador do entorpecente. A moto, usada para realizar o delivery das substâncias ilícitas, foi apreendida.

Interrogado, o dono do ponto de venda da droga confessou os fatos. Disse que a droga era trazida de Jardim e revendida na cidade de modo que lucravam o dobro do valor investido na compra do entorpecente. Confirmou, também, que já integrou facção criminosa e que, até hoje, presta serviço para alguns faccionados, sobretudo os que estão presos em presídios do estado.

Presos em flagrante, os suspeitos foram indiciados pela prática dos crimes de tráfico e associação para o tráfico de drogas, além de receptação.

Texto: Delegada Bárbara Camargo

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios