fbpx

Instruída a fazer “varredura” em app, mulher cai em golpe e perde R$ 9 mi

Golpe foi aplicado por golpista que se passou por representante do banco da vítima

Usuário segurando celular repleto de aplicativos. (Foto: Arquivo)

Uma mulher, de 56 anos, perdeu R$ 9 mil ao cair em um golpe aplicado pelo celular, nesta quinta-feira (17) em Campo Grande. Tudo aconteceu depois que a mulher recebeu uma uma mensagem, supostamente enviada pelo seu banco, informando sobre um “empréstimo solicitado no valor de R$ 3.500,00”.

A mensagem ainda orientava que a cliente, caso não reconhecesse o empréstimo entrasse em contato com a central do banco, através do “08001239980”. Como não havia solicitado empréstimo algum, a mulher ligou para a unidade bancária e foi atendida por uma falsa funcionária do banco.

Por telefone, a golpista pediu o numero do CPF da vítima e em seguida, informou que a moradora havia “sido clonada” e que se ela não tivesse ligado, teria perdido os R$ 3,5 mil. A atendente então orientou a moradora a abrir o aplicativo do banco, que ela tinha no celular, para que juntas aplicassem uma “varredura” para excluir um vírus do aplicativo.

Com orientação da suposta atendente, a mulher instalou um arquivo recomendado para fazer a “varredura” que detectou “algo malicioso” no aplicativo. Depois de um certo tempo, o aplicativo foi desinstalado automaticamente. Na sequência, a vítima mandou uma mensagem para seu gerente de conta, a quem relatou o ocorrido. Cerca de 25 minutos depois, o gerente retornou o contato e a alertou de que aquilo era um golpe. O bancário ainda orientou que cliente não respondesse mais nada a golpista e pediu para que a cliente tentasse logar na conta, com a senha errada, varias vezes para que o sistema bloqueasse a senha e evitar que a conta fosse invadida. Ela executou o procedimento, mas já era tarde demais.

O golpista acessou a conta da mulher, fiz um empréstimo, via aplicativo, em sua conta, no valor de R$ 9,4 mil. Do total, R$ 9 mil foram transferidos da conta da vítima, para a de um  estelionatário. Um boletim de ocorrência por furto via dispositivo eletrônico foi registrado pela moradora da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/LHZtJ
Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desativar seu adblock para continuar!