fbpx

Instituto Lixo Zero Brasil reconhece trabalho sustentável do FAC em Campo Grande

O Fundo de Apoio à Comunidade (FAC) recebeu, nesta quarta-feira (23), do Instituto Lixo Zero Brasil- organização que integra o movimento Zero Waste International Alliance (ZWIA)- o Título Atitude Cidadã 2022 pelo reconhecimento do esforço na redução da geração de resíduos sólidos na Capital. O evento aconteceu no Centro de Educação Ambiental Polonês, no Carandá Bosque.

O agrônomo Gilson Silveira Arevalo representou a primeira-dama de Campo Grande, Tatiana Trad, gestora do FAC e presidente da Comissão Municipal dos Objetivos de Desenvolvimentos Sustentáveis, recebendo o certificado pela atuação na Unidade Técnica de Agricultura Urbana
(UTA/FAC), uma extensão do FAC, onde é feita a compostagem com resíduos orgânicos das doações que o FAC recebe diariamente de parceiros.

“O adubo é proveniente de uma compostagem dos excedentes das doações que vão para as comunidades. Foi feita uma análise dos macros e micronutrientes, matéria orgânica, acidez PH, bases trocáveis e verificou-se garantia de alta produtividade. A compostagem é feita de manavalha (árvores trituradas no município) e alimentos orgânicos impróprios para consumo. Ou seja, o que ia para o lixo vira adubo”, destaca Gilson.

Desde o início da compostagem, já foram produzidas 126 toneladas de adubo orgânico oriundo dos mais de 34 mil kits de verduras e legumes doados às comunidades de Campo Grande que vivem em situação de vulnerabilidade social.

Para Tatiana Trad, o reconhecimento de um trabalho tão importante é gratificante e incentivador. “A mudança de comportamento do ser humano e a conscientização de que tudo pode ser reaproveitado e reciclável é um trabalho de formiguinha. Este certificado nos faz ver que estamos no caminho certo e nos incentiva a trabalhar cada vez mais pelo que acreditamos”, pondera a
primeira-dama.

DRIVE THRU DA RECICLAGEM
No dia 3 de março, o FAC realizou a 5ª edição do Drive Thru da Reciclagem que acontece todos os anos nos altos da Afonso Pena, ao lado do Aquário do Pantanal. O evento tem como principal objetivo incentivar o descarte correto dolixo reciclável e despertar no campo-grandense a importância de contribuir para uma cidade melhor de se viver.

Durante as cinco edições, ao todo, já foram descartadas mais de 20 toneladas de lixo reciclável como papel, papelão, plástico, ferro, aço, pilhas, lâmpadas e baterias, dentre outros. Com o descarte correto de medicamentos vencidos e óleo de cozinha usado foram preservados mais de 20 milhões de litros de água.

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/aD0zz
Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desativar seu adblock para continuar!