fbpx
Brasil e o Mundo

Inflação dos mais pobres acelera para 0,55% em agosto

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Índice de Preços ao Consumidor – Classe 1 (IPC-C1) — que mede a variação de preços de produtos e serviços para famílias com renda entre um e 2,5 salários mínimos — apresentou inflação de 0,55% em agosto, vindo de 0,50% no mês anterior, informou a Instalação Getulio Vargas (FGV) em relatório.

Já o IPC-Br, relativo à inflação para famílias com renda de um a 33 salários mínimos mensais, ficou em 0,53% no mês pretérito, vindo de 0,49%.

Com esse resultado, o IPC-C1 acumula subida de 3,08% em 12 meses, contra 2,77% do indicador universal. Na leitura anterior, a inflação dos menos favorecidos apontava para uma subida de preços acumulada de 3,08% contra 2,40% para todos os consumidores no mesmo pausa de tempo.

Nesta apuração, quatro das oito classes de despesa componentes do índice registraram acréscimo em suas taxas de variação: Sustento (0,13% para 0,76%), Ensino, Leitura e Recreação (-0,61% para 0,09%), Despesas Diversas (0,25% para 0,58%) e Saúde e Cuidados Pessoais (0,54% para 0,61%).

Nestas classes de despesa, vale evidenciar o comportamento dos itens: hortaliças e legumes (-12,48% para -7,55%), cursos formais (-1,55% para -0,17%), serviços bancários (0,22% para 0,81%) e artigos de higiene e desvelo pessoal (0,52% para 1,00%).

Em contrapartida, os grupos Transportes (1,12% para 0,68%), Habitação (0,90% para 0,61%), Informação (0,40% para 0,12%) e Vestuário (-0,25% para -0,42%) apresentaram recuo em suas taxas de variação. Nestas classes de despesa, vale reportar os itens: gasolina (3,73% para 2,68%), tarifa de eletricidade residencial (2,33% para 1,00%), mensalidade para tv por assinatura (1,59% para 0,44%) e roupas (-0,40% para -0,54%).

A principal diferença entre o IPC-C1 e o IPC-Br está na ponderação da cesta de produtos e serviços para chegar ao indicador final. Para famílias mais pobres, por exemplo, alimento costuma ter maior relevância e ensino pessoal, menor, dentro do totalidade de despesas.

A próxima divulgação do IPC-C1 acontecerá no dia 6 de outubro.

(Teor publicado originalmente no Valor PRO, serviço de notícias em tempo real do Valor)

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios