fbpx
Polícia

Inabilitado, bêbado e com motocicleta roubada, condutor acaba preso na BR 101 em Alagoinhas (BA)

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O motociclista para fugir da fiscalização tentou desviar em uma estrada vicinal, mas foi interceptado. A moto estava sem placa.

Na noite deste sábado (17) a PRF prendeu um homem por embriaguez e receptação de veículo roubado. O flagrante foi registrado por volta das 20h45 quando os agentes federais faziam fiscalização em frente a unidade operacional da PRF em Alagoinhas (Km 101 BR 101).

Ao visualizarem o condutor de uma motocicleta Honda acessar uma estrada vicinal para tentar escapar da abordagem, a equipe saiu no encalço e conseguiu interceptar a moto para uma fiscalização detalhada.

Foi realizada uma vistoria na motocicleta e constatada adulterações nos elementos caracterizadores. O chassi foi cortado o que em um primeiro momento dificultou a análise para descobrir sua procedência.

Com a expertise dos policiais em fraude veicular e após consulta aos sistemas informatizados da PRF, constaram que se tratava de uma motocicleta Honda/Cg 125 Fan, que possuía ocorrência de roubo, registrada em março/2020, na cidade de Alagoinhas (BA).

O condutor da moto que é inabilitado informou que comprou a moto no dia anterior por 1.000 reais. Informou ainda que o veículo era proveniente de leilão e foi arrematado como sucata. Ele apresentava sinais evidentes de ingestão de álcool.

Ao ser submetido ao teste com etilômetro, o resultado no aparelho aferiu 0,46 mg/L (miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões), comprovando a embriaguez.

Ele foi preso em fragrante pelos crimes, em tese, de embriaguez na direção (art. 306) da Lei nº 9.503/97 – CTB e mais o art. 180 do Código Penal (receptação). Ele foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil e apresentado à autoridade policial de plantão.

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios