fbpx
Interior

Homem confessa ter atirado em venezuelano após levar tapa na cara

Tairon Pereira da Silva, de 23 anos, e a vítima teria se desentendido na noite anterior ao crime

Suspeitos presos pelos investigadores do SIG (Setor de Investigações Gerais). (Foto: Adilson Domingos)

Foi preso o homem que atirou em dois trabalhadores na madrugada desta sexta-feira (25), na troca de turno do frigorífico da Seara/JBS, na BR-163, em Dourados, a 233 km de Campo Grande. Tairon Pereira da Silva, de 23 anos, admitiu que disparou contra o venezuelano Fernando Blanco, de 32 anos, após um desentendimento entre os dois.

A vítima, supostamente, já havia provocado o suspeito em outras ocasiões e na noite de ontem, Fernando teria dado um tapa no rosto de Tairon. “Na cara de homem não se bate”, teria dito o suspeito antes de ir até a sua casa, buscar um revólver calibre 38 usado no atentado.

Tairon esperou a vítima sair do trabalho e atirou diversas vezes contra a vítima. O venezuelano foi ferido com três tiros no braço esquerdo e um no braço direito, que atravessou e atingiu a barriga. Um haitiano, identificado como Luckner Nicolas, de 32 anos, também acabou sendo atingido na mão esquerda.

Em depoimento à polícia, o jovem contou só ficou sabendo que Luckner foi atingido após o caso ganhar repercussão na cidade. O rapaz não tinha envolvimento com a confusão entre o suspeito e a vítima. Tairon foi localizado em uma residência no Bairro Vivaldo Castelo onde inicialmente, mais dois homens foram presos com tabletes de maconha. São eles José Cícero da Silva, de 28 anos, morador no Jardim Santa Maria e Eduardo Moia, 20 anos, morador no Jardim Maracanã em Dourados.

O trio foi levado para a delegacia e revelou que a arma usada no crime estava enterrada no quintal do imóvel, dentro de um cano de pvc. Ao retornarem no endereço os investigadores ainda encontraram um quarto suspeito, que não estava no local anteriormente. José Josival, de 25 anos, que era alvo de uma mandado de prisão também acabou sendo levado para a delegacia. Tairon foi autuado por tentativa de homicídio e José Cícero e Eduardo, por tráfico de drogas.

Com a colaboração de Adilson Domingos***

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/KDbdo
Mostre mais

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Botão Voltar ao topo