fbpx

Famílias produtoras de 76 aldeias indígenas receberão mais de 15 mil toneladas de calcário


Calcário suficiente para melhorar a produção, corrigindo o solo para o cultivo de feijão, milho e mandioca, e outros produtos. Um sonho antigo das famílias indígenas produtoras, e que o Governo do Estado está tornando realidade com um investimento de mais de R$ 5,3 milhões.

Ao todo, serão beneficiadas 76 aldeias de 26 municípios com a entrega de aproximadamente 15 mil toneladas do produto.

A primeira remessa foi entregue na aldeia Bororó, em Dourados. Foram 250 toneladas entregues em três carretas bitrens. Ao todo serão mil toneladas de calcário para Bororó e mais 1.250 toneladas para aldeia Jaguapiru, ambas em Dourados.

O diretor presidente da Agraer/MS, André Borges conta que essa é a primeira vez que as comunidades indígenas do Estado recebem calcário em grandes quantidades.

André Borges reforça que este cuidado e parceria com as comunidades indígenas é uma das estratégias prioritárias da atual gestão.

Em execução desde 2015, o programa Proacin (Programa de Apoio às Comunidades Indígenas de MS) vem contribuindo com a agricultura familiar nas aldeias.

O Governo do Estado ainda distribui, mensalmente, 19.899 cestas básicas, com 25 quilos cada, contendo arroz, feijão, carne e mais 18 itens. Elas são repassadas para 83 aldeias em 27 municípios do Estado. Mais de 90% dos índios são atendidos.

 

Katiuscia Fernandes – Subcom

Foto: Edemir Rodrigues

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/OPl7m
Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desativar seu adblock para continuar!