EducaçãoSociedade‎

Estudantes do IFMS são maioria na final da Olimpíada de Informática

Dos 13 estudantes de Mato Grosso do Sul classificados, dez são do Instituto. A prova é realizada no próximo dia 21

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Resolver problemas da vida real utilizando lógica e linguagem de programação. Esse foi o desafio superado por dez estudantes do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) que participam da Olimpíada Brasileira de Informática (OBI) e que foram classificados para a etapa final da competição.

A Olimpíada é promovida pela Universidade de Campinas (Unicamp) e envolve estudantes do quarto ano do ensino fundamental até o primeiro ano do ensino superior. Os participantes são estimulados a desenvolver suas capacidades na área da ciência da computação.

A competição é dividida em três etapas: local, estadual e nacional. Dos 13 estudantes de Mato Grosso do Sul classificados para a nacional, dez são do IFMS.

O campus que obteve maior número de classificados foi Naviraí, com seis participantes. Completam a lista estudantes dos campi Aquidauana, Campo Grande, Jardim e Três Lagoas.

Desafio – Docente do Campus Naviraí, Maximilian Melo conta que é a terceira vez que participam da Olimpíada, mas este tem sido o resultado mais expressivo já alcançado.

“Nos anos anteriores não conseguimos nenhuma classificação e neste foram seis estudantes do campus para a etapa nacional, o que nos orgulha e cria expectativas para que eles alcancem resultados ainda melhores”, apontou o professor.

Ele destaca que, mesmo com um curto período entre as etapas, o grupo tem realizado treinamentos fora do horário de aulas para alcançar os melhores resultados possíveis. A  segunda etapa (estadual) foi realizada no dia 14 de agosto e a terceira (nacional) e final será no dia 21 de setembro, em local ainda não confirmado.

O professor ressalta que a competição estimula a criatividade, autonomia e protagonismo nos estudantes, uma vez que eles são estimulados a desenvolver soluções aplicáveis à realidade.

“Esta é uma prova que busca encontrar talentos nos cursos da área de tecnologia, trabalhando a resolução de problemas com a utilização de lógica de programação, mas contextualizados com problemas reais. Os estudantes são desafiados a entendê-los e a apresentar soluções”, explicou.

O estudante Gabriel Marani conta que está se preparando para obter bons resultados. Em sua primeira participação, em 2018, não conseguiu se classificar, mas este ano está entre os dez classificados do IFMS.

“Acho desafiador conseguir solucionar problemas por meio da computação, utilizando lógica e programação, isso estimula nossa formação na área”, destacou.

Expectativas – Além dos prêmios, a OBI também oferecerá aos melhores concorrentes da etapa nacional convites para a Semana Olímpica da OBI, que será realizada no Instituto de Computação da Unicamp, em Campinas, de 2 a 8 de dezembro.

“Na Semana Olímpica, os estudantes conhecem a Unicamp e participam de treinamentos, cursos e de uma seletiva que pode levá-los até a Olimpíada Internacional de Informática, que ocorre em agosto de 2020 no Azerbaijão”, explicou o professor Maximilian.

Uma possível classificação para a Semana Olímpica e até a Olimpíada Internacional é um estímulo a mais para o grupo de estudantes do IFMS. “Essa possibilidade é mais uma motivação para fazermos o nosso melhor na etapa nacional”, destacou Gabriel.

OBI – A Olimpíada Brasileira de Informática é promovida pelo Instituto de Computação da Unicamp.

Seu objetivo é despertar nos estudantes o interesse por uma ciência importante na formação básica hoje em dia (no caso, ciência da computação), através de uma atividade que envolve desafio, engenhosidade e uma saudável dose de competição.

Mais informações estão disponíveis no site do evento.

(*) IFMS

Mostrar mais

Artigos relacionados

Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios