fbpx
Brasil e o Mundo

Está difícil acertar as contas, mas governo o fará, diz Mattar

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O secretário especial de Desestatização e de Desinvestimento, Salim Mattar, disse nesta sexta-feira que o Brasil está no caminho da prosperidade. Segundo ele, acertar as contas está difícil, mas o governo o fará.

O secretário voltou a dizer que há um total de 698 empresas ligadas ao governo federal, entre coligadas, controladas e subsidiárias, com participação direta ou não. A ideia, diz ele, é diminuir isso o mais rapidamente possível.

No poder público, disse ele, isso leva alguns meses de trabalho, pois há arcabouço jurídico e uma série de controles a obedecer.

 — Foto: Denio Simoes/Valor

— Foto: Denio Simoes/Valor

A alocação de recursos nessas empresas foi de R$ 190 bilhões de 2009 a 2018. Atualmente, o governo tem 17 estatais à venda, seis no âmbito do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).

Mattar também repetiu a meta para sua área em 2020, de vender de R$ 150 bilhões em 300 ativos. Até agora, segundo ele, já foram realizados R$ 29,5 bilhões. Ele destaca que, nesse valor, houve grande participação de operações relacionadas à venda de participações que a Petrobras detinha.

As declarações foram dadas em evento promovido pela G5 Partners nesta manhã, em São Paulo.

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios