EducaçãoVariedades

Três-lagoenses prestigiam 23ª Edição do Sarau Cultural

Dezoito apresentações culturais foram mostradas a aproximadamente 370 pessoas que prestigiaram o evento na Biblioteca Municipal “Rosário Congro”

Aproximadamente 370 pessoas prestigiaram as dezoito apresentações culturais da 23ª Edição do Sarau Cultural, realizado pela Diretoria de Cultura da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (SEMEC) de Três Lagoas. O evento foi realizado no sábado (26), ao ladro da Biblioteca Municipal “Rosário Congro”.

Segundo a Diretoria, o evento contemplou três Exposições em Tela, sendo Pinturas a óleo do artista Haitiano Elie, com cores vivas e muita riqueza cultural; obras do artista Celso Jacinto com a exposição “Vida de Sertanejo” e telas do artista Mateus Pache com obras no estilo acadêmico, trazendo o realismo em suas obras.

Das quatro apresentações musicais, a Orquestra Municipal de Violas tocou músicas populares “Moreninha Linda”, “Cana Verde” e “Asa Branca”; o Grupo Municipal de Violão tocou o tema do filme “Missão Impossível” e “Anunciação de Alceu Valença”; a cantora Thalita Priscilla e seu pai Romão no violão trabalharam “Te Amo Eternamente” (composição autoral) e “Quem Vê Cara Não Vê Coração” de Paula Mattos e o saxofonista Bio Araújo realizou uma apresentação solo instrumental

O público pode conferir ainda nove apresentações de dança. Thiago Ramalho da Academia Go Dance apresentou a coreografia “Bonecas”; Naum Gabriel da Silva do Ballet Colégio Objetivo com a coreografia “Vida de Bailarina”; Rhayra de Paula, do Grupo Love´s Dance com a coreografia “Photografhy”; Higor Mendes do Grupo Simbiose com a coreografia “Sintonia”; Geovane Silva do grupo Burlesque Glamour com o dueto “Por deixar-me”; Kauan Alcântara, do grupo Freestayle Go Dance com a coreografia “Sorria, Curta, Contraia”; Elis Araújo cm a Dança do ventre encenou “Solo de Percussão”; Carla Santos “Dangerous Woman” e Jimmy Elliot, do grupo Centro de Danças Jimmy Elliot, apresentou a coreografia “Chicago” realizado por suas alunas

A 23ª Edição do Sarau Cultural contou com a declamação de Poesia de Natália Helena que recitou o “Poema sem título” e o Grupo de Teatro “Nem nome Tem” apresentou a estória de Ana Maria Machado, “Camilão o Comilão” contada por Carol Cruz Feliciano e Cristina Kiki.

Fonte: Diretoria de Comunicação

Tags
Mostrar mais

Gabriela Rufino

Jornalista 📰💻 Acadêmica de História 📚 @willsince94 💑
Close
Close

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios