fbpx
Três Lagoas

Devido caso positivo de leishmaniose, Zoonoses realiza bloqueio canino na Vila Alegre

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Após a identificação de um caso positivo de leishmaniose em uma criança de 08 anos, o Centro De Controle De Zoonoses da Secretaria Municipal de Saúde de Três Lagoas realizou um bloqueio canino no bairro Vila Alegre.

Ação aconteceu na manhã desta quinta-feira (08), onde as equipes do CCZ visitaram as residências de nove quadras do Bairro para examinar e fazer triagem com teste rápido em cães e, posteriormente, exame confirmatório ELISA.

De acordo com o médico veterinário do CCZ, Everton Ottoni, o bloqueio acontece sempre que um caso positivo em pessoas é registrado. Na área trabalhada, 46 cães foram testados, sendo que 21 foram identificados com a doença, já na triagem.

“O bloqueio canino é um procedimento de praxe e necessário. Quando recebemos o comunicado de um caso positivo de leishmaniose em humanos, é feito um levantamento (bloqueio canino) dos cães na região da residência do paciente. É feita a coleta de todos os cães acima de 04 meses de idade, para avaliação dos resultados no diagnóstico de leishmaniose canina. Após isso, o responsável pelo animal é informado sobre o resultado e orientado, conforme as normas a serem seguidas”, explicou.

Após o teste rápido detectar a leishmaniose, é realizada a sorologia para confirmar a doença. Caso positivo, o proprietário do cachorro deve fazer tratamento com veterinário ou encaminhar o animal infectado para a eutanásia.

NEGANDO PREVENÇÃO

Dos 165 moradores visitados, 05 recusaram a realização do teste. “Não existe uma obrigatoriedade do morador aceitar o teste. Sempre que há recusa, orientamos que faça exame particular para prevenção do animal e dos próprios moradores da casa. Ficamos preocupados quando isso acontece, porém, o dono do animal é de fato o responsável por ele”, considerou.

RESIDÊNCIAS VAZIAS

Outra questão que atrapalha a conclusão do trabalho da equipe do CCZ é a ausência dos moradores.

“Identificamos várias casas sem ninguém no período do bloqueio. Deixamos os contatos do nosso Setor para que agendem o teste, caso tenham cães na residência”.

O caso positivo confirmado nesta semana é o primeiro deste ano. O último registro aconteceu em novembro de 2020, que teve 03 casos durante o ano todo.

SERVIÇO

Para agendar o exame de leishmaniose canina, o cidadão pode ligar no telefone (67) 3929-1803 ou levar o animal até o Centro de Controle de Zoonoses, localizado na Rua Egídio Thomé – 5562, ao lado do Buracão do Jupiá.



Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios