fbpx
Polícia

Depac de Campo Grande contabiliza mais de 3.400 pessoas detidas e o registro de 12.745 B.Os desde o início da pandemia – POLÍCIA CIVIL

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário de Campo Grande, através de suas duas Unidades de Pronto Atendimento – Depac Centro e Depac Cepol, contabilizou desde o início da Pandemia de Covid-19 (cerca de seis meses) a entrada de 3.409 pessoas detidas e presas, decorrentes de prisões em flagrante, mandados de prisão e infrações de menor potencial ofensivo, bem como o registro de 12.745 boletins de ocorrência presenciais em suas unidades, conforme dados extraídos do SIGO.

Na Depac Centro foram 704 pessoas autuadas em flagrante delito, 369 mandados de prisão cumpridos, e 568 pessoas compromissadas a comparecer junto ao Juizado Especial Criminal.  No total foram registrados 8.694 boletins de ocorrências presenciais, dos mais variados crimes, dentre furtos, roubos, receptação, crimes contra a honra, da população que necessita e procura a Polícia Civil. 

Já na Depac Cepol foram 739 pessoas autuadas em flagrante delito, 399 mandados de prisão cumpridos, 115 adolescentes apreendidos em flagrante e por mandados de apreensão, além de 515 pessoas compromissadas a comparecer junto ao Juizado Especial Criminal. No total foram registrados 4.051 boletins de ocorrências presenciais.

Também foram contabilizadas mais de 6.000 oitivas de autores, vítimas e testemunhas, sendo 2.966 na Depac Centro e 3.152 na Depac Cepol.   

A Depac é a responsável pela execução de grande parte da tarefa de atendimento da população da Capital, hoje estimada em aproximadamente 900.000  habitantes, através de plantão ininterrupto (24 horas por dia, 07 dias da semana) em suas 02 unidades, realizando orientações gerais à população (superando, em muito, o número de ocorrências registradas), lavratura de boletins de ocorrência e demais peças daí advindas, além do atendimento às demais forças policiais, realizando autos de prisão em flagrante delito e de apreensão de adolescentes infratores, oitivas, cumprimento de mandado de prisão e atendimento a locais de crime para realização de exame pericial e investigação preliminar.

A DEPAC também conta com uma equipe de remoção de presos, responsável pela realização da escolta de presos em flagrante delito das Depac´s até o Fórum de Campo Grande/MS, para realização das audiências de custódia, bem como pela remoção de presos oriundos de mandados de prisão até os presídios de Campo Grande, fazendo a devida destinação das pessoas encarceradas.

Segundo o Dr. João Eduardo Davanço, delegado titular da Depac, as Delegacias de Pronto Atendimento têm como meta o constante e ininterrupto atendimento da população e demais forças policiais no tocante a prestação dos trabalhos de Polícia Judiciária, sendo que mesmo com o período de Pandemia de COVID-19, adotando as devidas medidas sanitárias preventivas, a Polícia Civil não deixou de atender à sociedade sul-mato-grossense. 

Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios