fbpx
Política‎

Contaminação por coronavírus chega a lideranças políticas do CE – Política – Diário do Nordeste

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Uma série de votações de pautas importantes em tramitação no Poder Legislativo do Ceará, como o reajuste salarial de profissionais da segurança e da saúde, acontecerá de forma virtual. Prevista para acontecer ontem, em sessão tradicional no plenário, a definição sobre as matérias foi suspensa após o líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Júlio César Filho (Cidadania) receber diagnóstico positivo para o coronavírus. Além do impacto no Legislativo, a pandemia também chegou ao Executivo. A vice-governadora, Izolda Cela (PDT), e o esposo dela, Veveu Arruda (PT), ex-prefeito de Sobral, também anunciaram testes positivos para o novo vírus. 

Além deles, o ex-deputado estadual e pré-candidato à Prefeitura de Fortaleza pelo PSDB, Carlos Matos, também está contaminado pelo coronavírus. Outro deputado estadual, o emedebista Leonardo Araújo passou por testes, mas obteve diagnóstico negativo. Ainda assim, os exames de Araújo para a Covid-19 serão refeitos em uma semana. 

A chegada do vírus a integrantes da esfera política, especialmente do Poder Legislativo, terá impacto maior que o previsto nos primeiros dias da semana. Agora, a Assembleia Legislativa testa plataforma virtual que será utilizada pelos deputados para a votação das pautas. Ainda não há data definida para a sessão virtual, mas a expectativa é que a primeira reunião nessa modalidade aconteça no início da próxima semana. 

Ontem, a Casa também baixou uma portaria que restringe o horário de funcionamento das atividades e o acesso à Assembleia. A partir de agora, o expediente acontecerá de 9h às 13h, e o acesso às dependências do Legislativo será permitido apenas para deputados, servidores, estagiários e outros prestadores de serviço. 

Seguem também suspensos todos os eventos, além de medidas como distribuição de álcool em gel nas dependências da Casa, triagem de servidores com equipes de saúde e recomendação de teletrabalho para os casos possíveis. Os deputados estaduais Renato Roseno (Psol) e Guilherme Landim (PDT), autores de propostas que buscam resguardar direitos do consumidor e do trabalhador em meio à pandemia, estão entre os que anunciaram que as atividades dos respectivos gabinetes serão realizadas de forma remota. 

Contaminações 

O primeiro diagnóstico positivo na classe política anunciado, ontem, foi o do deputado Júlio César. Após se submeter a exames no dia anterior, ele afirmou que apresentava sintomas leves e desconhecia ter tido contato com pessoas diagnosticadas ou com suspeita de contaminação pela Covid-19. 

“Reforço o compromisso de todos com o isolamento e com os cuidados para evitar a propagação desse vírus altamente contagioso. Por orientação médica, continuarei em isolamento domiciliar pelos próximos dias, bem como a minha equipe de assessores”, disse o deputado em nota. 

Mesmo com resultado negativo, o deputado Leonardo Araújo também permanecerá em isolamento. O mesmo se estende à sua família. Ontem, após o encerramento das atividades na Assembleia Legislativa, às 13 horas, foi realizada uma ação de desinfecção no prédio, conduzida por profissionais da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa). 

Executivo 

A disseminação do coronavírus também chegou ao centro do poder estadual cearense. A vice-governadora Izolda Cela, de 59 anos, testou positivo para o vírus. Ela apresentou sintomas gripais e, após exame, constatou a doença. 

“Desde que os primeiros sintomas começaram a aparecer, já vínhamos em isolamento domiciliar, onde permanecemos agora. Estamos bem”, escreveu Izolda, ao fazer o anúncio em rede social, disse, referindo-se também ao marido, Veveu Arruda. Há a possibilidade de que a vice-governadora tenha contraído o vírus do esposo, que também testou positivo para a Covid-19. 

O político chegou ao Ceará no fim da semana passada, após viagem a Portugal. Só após a chegada ao Estado, ele apresentou sintomas e resolveu fazer exames. Veveu encontra-se em Sobral e Izolda está em Fortaleza.

Apelo

“Estamos informando às pessoas que tiveram contato conosco antes dos sintomas para que cumpram o necessário isolamento domiciliar para se proteger e proteger os outros. Aproveito para enfatizar aos cearenses a necessidade de tomar os cuidados, evitando sair de casa e adotando as medidas de higienização”, pontuou Izolda Cela, reforçando apelo que também havia sido feito pelo governador Camilo Santana (PT). Nas redes sociais, ele se solidarizou com a vice-governadora. 

“(Estou) Torcendo pela sua pronta recuperação, assim como dos demais diagnosticados com Covid-19. Continuamos trabalhando firme para minimizar os efeitos do coronavírus em nosso Ceará. Aproveito para pedir que evitem propagar Fake News, como a que diz que estive hoje (ontem) numa festa de aniversário”, disse Camilo. Ele defendeu que “não é momento de oportunismo político”.

Bancada federal 

Ontem, o líder da bancada federal cearense, deputado Domingos Neto (PSD), esteve reunido com o governador e o ex-vice-governador Domingos Filho (PSD) para tratar do engajamento da bancada em ações de combate ao coronavírus.

“Estamos tentando antecipar o pagamento das emendas impositivas de bancada para o custeio da saúde no Estado, e o governador ficou de nos repassar o plano de contingenciamento, que vai precisar de apoio federal, para que a gente possa tentar com o Ministério da Saúde a liberação de suporte”, detalhou o parlamentar.

Mobilização

O senador Eduardo Girão (Podemos) também pediu, ontem, ao Ministério da Saúde o remanejamento de R$ 2,2 milhões em emendas que seriam destinadas à atenção básica de municípios cearenses para ações de controle da crise na saúde pública. 

“Fizemos o encaminhamento imediato ao ministro da Saúde, destinando o remanejamento de toda a verba que tenho direito para saúde para o combate do coronavírus em todos os municípios”, disse o senador do Podemos.

“A iniciativa do senador é pioneira para que a gente garanta não só essa, mas faça com que todas as emendas que venham para o Estado possam ser antecipadas para ajudar no combate ao coronavírus”, citou Domingos Neto, relator do Orçamento 2020. 

O esforço da bancada cearense é para que a verba das emendas de bancada – que têm um cronograma que se estende até o fim do ano para o pagamento – chegue ao Estado no momento mais crítico. Além disso, o objetivo é dar suporte ao Ceará, para além da Medida Provisória do Governo Federal que liberou R$ 5 bilhões em emendas ao Ministério da Saúde, com recursos destinados para o Estado. 

Rotina alterada na Câmara Municipal

A Câmara Municipal de Fortaleza já implementou uma série de medidas de combate à disseminação do novo coronavírus. Entre as determinações, foi limitado o número de sessões plenárias uma vez por semana. As sessões serão às quintas-feiras, apenas para votações dos projetos de lei dos parlamentares e do Executivo. 

Pautas pendentes na Assembleia Legislativa

Aguardam votação os projetos que tratam da reestruturação salarial dos policiais e bombeiros militares do Ceará; da criação da Fundação Regional de Saúde e da ascensão salarial dos servidores da área, além da autorização ao Executivo para contratação de operação de crédito e propostas de denominação de equipamentos públicos por deputados.



Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios