fbpx

Conselho aprova incentivos a empresas que vão injetar R$ 1,5 milhão na economia

Economia

Benefícios são concedidos por meio Prodes (Programa de Incentivos para o Desenvolvimento Econômico e Social)

Por Caroline Maldonado | 04/05/2022 12:36

Reunião do Codecon (Conselho de Desenvolvimento Econômico de Campo Grande) na terça-feira (3) (Foto: Divulgação/Prefeitura de Campo Grande)

O Codecon (Conselho de Desenvolvimento Econômico de Campo Grande) aprovou a concessão de incentivos a empresas que farão novos investimentos, movimentando R$ 1,5 milhão na economia da Capital. Agora, os projetos devem passar por votação entre os vereadores.

A análise foi feita em reunião do conselho na terça-feira (3), a primeira após as mudanças instituídas na lei do Prodes (Programa de Incentivos para o Desenvolvimento Econômico e Social de Campo Grande).

Também foram empossados os novos conselheiros do Codecon, de acordo com o exigido pela nova lei. São eles representantes da Planurb (Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano), a Amems (Associação das Micro e Pequenas Empresas de MS) e o SRCG (Sindicato Rural de Campo Grande).

Empresas – Foram aprovados incentivos às empresas Comércio Atacadista Garlic do Brasil Ltda e MRSul Distribuidora de Material de Construção e Serviços Ltda.

A Garlic do Brasil trabalha com fabricação de especiarias, molhos, temperos e condimentos e outros. A empresa quer ampliar as atividades de beneficiamento de alho e cebola para atender supermercados, restaurantes, entre outros, investindo R$ 700 mil com a criação de 15 novos empregos diretos.

A MRSul atua no comércio atacadista de materiais de construção em geral. Ela pretende implantar um centro de distribuição com investimento de de R$ 800 mil e criação de mais quatro empregos diretos.

Nos siga no

Google Notícias

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/NjLuZ
Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desativar seu adblock para continuar!