fbpx

Conhecido como “Bolsonaro”, corpo encontrado boiando era de homem de 37 anos

Interior

Josemar Gomes Aragão era visto com frequência na Praça da República em Corumbá

Por Adriano Fernandes | 04/05/2022 23:12

Corpo da vítima coberto com uma manta térmica. (Foto: CBMS)

Foi identificado como Josemar Gomes Aragão, de 37 anos, o homem encontrado boiando nas águas do Rio Paraguai, na última sexta-feira (29), em Corumbá, cidade a 428 quilômetros de Campo Grande.  Ele era conhecido como “Bolsonaro” ou “Tanaca” e vivia na região do Porto Geral.

Conforme moradores, Josemar era visto com frequência na Praça da República, onde ele costumava passar a noite. Ele era cuiabano, não possui pais vivos e tinha apenas uma prima na cidade de Corumbá.

De acordo com a perícia, a morte de Josemar não foi acidental, pois ele sofreu uma lesão no pescoço, provavelmente feita por faca. Caso alguém tenha informações sobre o caso, deve entrar em contato com a 1ª Delegacia de Polícia Civil de Corumbá pelo telefone (67) 3234-7115.

Boiando – O corpo foi localizado por pescadores no Rio Paraguai na tarde da última sexta-feira (29), próximo ao Porto Geral. Os bombeiros tiveram de utilizar uma embarcação para trazê-lo até a margem do rio. A vítima estava nua, com ferimento no pescoço e o corpo já estava em estado de decomposição.

Nos siga no

Google Notícias

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/wNihm
Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desativar seu adblock para continuar!