fbpx
Esporte

Conheça o catarinense de quatro anos que está encantando no skate

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Benjamin Coelho Maruyama vem chamando atenção nas pistas de Florianópolis por sua habilidade e evolução no esporte

Passando em frente a pista de skate do bairro da Costeira, no Sul da Ilha de Santa Catarina, talvez você dê a sorte de encontrar uma criança com equipamentos para segurança e muita coragem para descer as rampas. Esse menino se chama Benjamin Coelho Maruyama, de quatro anos.

Conheça o catarinense de quatro anos que está encantando no skate – Foto: Arquivo pessoal/ND

Ben, como também é conhecido, vem chamando atenção dos frequentadores da pista por conta da sua habilidade e potencial mesmo com pouca idade. Segundo seu pai, Felipe Maruyama, o amor pelos esportes radicais é geracional, já que a sua mãe, vó do Ben, é surfista. Agora, o neto é mais um da família que se apaixonou pelos esportes.

“Quando ele tinha um ano e alguns meses eu levava para dar uma volta e pegava o long para descer umas ladeirinhas com ele ainda neném, mas levava no colo, no cavalinho ou entre as minhas pernas. Eu dava uma embalada e ele ficava todo feliz e dando muita risada”, relembrou Felipe Maruyama.

Benjamin e seu pai, Felipe Maruyama  – Foto: Arquivo pessoal/ND

Porém, o tempo foi passando a prática foi deixada de lado até os três anos, quando ganhou seu primeiro skate e começou a frequentar a pista da Costeira junto do seu pai. No entanto, foi durante o período de isolamento social que as coisas começaram a se intensificar.

“Foi a forma que achamos para ele conseguir com que gastasse energia e não ficasse doido em casa. Eu comecei a levar ele na pista de skate e o pessoal sempre falava que era muito corajoso e tinha jeito para a prática”.

Com o passar do tempo, Benjamin ganhou mais proteções individuais, para evitar quedas e traumas com a modalidade, e um skate com mais qualidade. Além disso, sua melhora na performance começou a chamar atenção dos frequentadores das pistas de skate da Grande Florianópolis.

Um dos feitos de maior orgulho do pai foi quando Benjamin desceu a “Mega Rampa da Costeira”, também conhecida como bowlzão.

Chrysthopher Dagger foi um dos skatistas e frequentadores da pista no bairro da Costeira que se encantou pela habilidade demonstrada por Ben. Em seguida, ele se ofereceu para dar aulas para o garoto e seu pai.

“Eu estava com a galera e o Benjamin chegou com o pai dele e dizendo que queria dropar (descer) na pista que era bem alta, mas o pai dele não queria deixar. Até que ele insistiu, insistiu e foi. Ele dropou a pista inteira e só caiu do outro lado”, relembrou Christopher.

Após o feito, todo os frequentadores ficaram olhando admirados para Benajmin. Chrysthopher destaca que o menino já se sente em casa quando chega na pista.

“Ele começou a ir todo dia, cumprimentar a galera, sempre bem comunicativo e perguntei se ele fazia aula. Desde então, comecei a ajudá-lo e sei que ele tem o dom, nasceu para andar de skate porque tem um movimento corporal perfeito para um atleta”, disse Chrysthopher Dagger.

No entanto, os sonhos de Benjamin não se limitam apenas a descer uma rampa quase três vezes maior que sua altura. Assim como sua inspiração, Guilherme Khury, de apenas 11 anos, pretende dropar pistas cada vez mais altas. O objetivo principal é a MegaRampa, criada pelo lendário skatista Bob Burniquist. Potencial e talento para alcançar os seus sonhos o catarinense já mostrou que tem.



Fonte

Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios