fbpx

Com gasolina cara, Senai lista 10 dicas para fazer combustível render mais

Evitar ar-condicionado, trocas de marchas e manutenção do veículo sãos algumas das dicas enumeradas

Frentista abastece carro em posto de Campo Grande (Foto: Kísie Ainoã/Arquivo)

Com o preço da gasolina nas alturas, o que não faltou nos últimos dias foi piada na internet de uma receita objetiva para fabricar o combustível. Com isso, o Senai enumerou 10 dicas para fazer o insumo render mais no dia a dia.

As correções anunciadas pela petroleira na semana passada resultaram em aumento de 18% na gasolina e 25% no diesel. O percentual representou R$ 0,60 a mais no litro da gasolina, chegando a ultrapassar o preço médio de R$ 7 nas bombas, e R$ 0,90 no litro do diesel, que agora pode custar R$ 6,30 nos postos.

 Nesta sexta-feira (18), o instrutor de mecânica do Senai, Maico Petralia da Silva, deu 10 dicas para economizar combustível na hora de dirigir:

 1- Escolha do carro mais econômico

 Conforme Maico, é importante se atentar para o tamanho do motor do veículo. “O recomendado é um carro 1.0 para deslocamento urbano”.

2 – Sistema de injeção eletrônica e direta

Dê preferência para utilização de veículos com injeção eletrônica e direta. A tecnologia permite que o comando mande o combustível diretamente para câmara de combustão.

“Há injeção eletrônica que não é direta. Nesse caso, o combustível transita por outro caminho e pode haver desperdício”, explica o instrutor. Modelos mais antigos de veículos não costumam ter essa tecnologia, sendo mais comum em carros com até cinco anos de uso.

3 – Combustível de qualidade

Quanto menor a qualidade do combustível, maior a quantidade consumida. Procure por postos de confiança, que passem por vistorias regulares do Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia).

 “Apesar da dificuldade do consumidor em comprovar a adulteração, é possível verificar o comportamento do veículo após o abastecimento. Você identifica as falhas. Já há carros que informam sobre as condições da gasolina utilizada. A partir disso, é só evitar abastecer naquele posto”.

4 – Não abuse da aceleração

É importante lembrar que a aceleração é diferente da velocidade. “Há motoristas que aceleram muito, mesmo não correndo. Ele anda devagar, mas vai estacionar e acelera aquele monte. Chega em uma rampa e força o carro. Aí, se você tiver um veículo 1.0, vai consumir muito”, exemplifica o instrutor.

Por isso, é importante acelerar apenas quando necessário para evitar o aumento da aceleração. Vale se atentar também para uso correto da marcha.

 “O que gasta de fato combustível não é necessariamente a marcha, mas a aceleração que você usa para desenvolver aquela marcha. Por exemplo, você está andado a 30 km/h e engata a quinta marcha, você vai precisar acelerar muito para a marcha funcionar e essa aceleração faz com que você gaste combustível”, exemplifica.

5 – Evitar o ar-condicionado

Segundo o instrutor do Senai, o uso do ar condicionado é um fator que aumenta consideravelmente o consumo de combustível, principalmente em veículos de motor 1.0, que na cidade apresentam um consumo maior entre 7% e 10%.

6 – Pneu em boas condições

 O uso de pneus fora das características do veículo e manutenção em dia são fatores que interferem no consumo de combustível. “Adotar pneus maiores do que o necessário para o carro faz com que o consumo aumente. Andar com pneus murchos também consome mais combustível, assim como as rodas desalinhadas”, alerta.

7 – Manutenção do motor em dia

 Também é importante que esteja em dia a manutenção preventiva do motor. “Se não tiver problema nos bicos e problemas de injeção, o veículo consegue aproveitar melhor o combustível”, explica o instrutor de mecânica do Senai.

8 – Quanto menos carga, melhor

O peso de cargas nos veículos também é um fator determinante para o consumo de gasolina. Maico Petralia lembra que existem muitas pessoas que utilizam o carro e a motocicleta para transporte de material de trabalho, por questão de necessidade ou comodidade.

“Carros com carretinha e transporte de ferramentas, por exemplo, gastam mais combustível. Até um professor que enche de livros o banco de trás pode ter um consumo maior. Quanto mais pesado o carro fica, mais ele gasta”, ressalta.

 9 – Use vias rápidas

Evitar se locomover por ruas com tráfego intenso de veículos também pode ajudar a otimizar o uso de gasolina. “Parando menos e mantendo uma velocidade constante, você consegue economizar mais combustível”.

10 – Tecnologia de start stop

Disponível apenas em modelos mais recentes, a tecnologia permite que o carro desligue automaticamente quando para no semáforo, por exemplo. “A função permite a economia de combustível”, garante Maico.

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/IUdSw
Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desativar seu adblock para continuar!