fbpx

CNH Social: inscrições para o programa começam na próxima quarta-feira

A primeira edição do programa CNH Social acontecerá na próxima semana em Mato Grosso do Sul. A lei criando a iniciativa foi sancionada em dezembro do ano passado e as inscrições começam na quarta-feira (31).

O programa irá arcar com todos os custos do processo para a retirada da primeira Carteira Nacional de Habilitação nas categorias A, B ou AB, adição de categoria A ou B e mudança para as categorias C, D ou E. De acordo com o Governo do Estado, o acesso gratuito da CNH à população carente vai promover oportunidades de trabalho e ascensão social, redução das infrações de trânsito relativas à direção por inabilitados e faz parte das ações de fomento e ajuda às categorias mais afetadas pelos impactos da pandemia.

Serão disponibilizadas 5 mil vagas em todo o estado para que pessoas baixa renda possam ter a sua primeira carteira de habilitação, adicionar ou mudar de categoria. O processo de seleção ocorrerá de forma descentralizada, mas seguindo os mesmos critérios em todas as regiões. Em Campo Grande, por exemplo, espera-se que 1.600 vagas sejam abertas.

As inscrições serão feitas por meio de formulário que será disponibilizado no site do Detran-MS em um sistema, informou diretor-presidente do Detran, Rudel Trindade Junior.

O CNH Social em Mato Grosso do Sul abrirá vagas para pessoas que atendam os seguintes critérios:

  • Ser maior de 18 anos
  • Saber ler e escrever
  • Ter documentos de identificação
  • Estar inscrito no CadÚnico do governo federal
  • Ter renda per capita de até meio salário mínimo (R$ 606) ou renda total de até dois salários mínimos (R$ 2.424).
  • Residir no estado há pelo menos dois anos
  • Não ter sido condenado por crimes de trânsito ou estar legalmente impedido de conduzir

Além disso, 5% das vagas para retirada da primeira habilitação serão destinadas para pessoas cm deficiência. A Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho ficará responsável pela seleção desse público.

Como funciona o CNH Social?

O CNH Social é um programa realizado em diversos estados do Brasil. Seu objetivo principal é ajudar na formação de profissionais do transporte oferecendo todo o procedimento de retirada de CNH, adição ou mudança de categoria de forma gratuita.

O CNH MS Social vai cobrir todos os gastos até a retirada do documento, incluindo as 20 aulas práticas e as 45 teóricas exigidas, exames médico e psicológico e as taxas.

A retirada de primeira habilitação contemplará as categorias A, B e AB. Haverá, ainda, adição das categorias A ou B e mudança para as categorias C, D e E.

De acordo com a diretora de Educação para o Trânsito do Detran, Elijane Coelho, para a retirada da primeira via da habilitação cada cidadão gasta, em média, R$ 2.860,00 – incluindo aulas, taxas e exames.

Alerta de golpe

O Detran alertou cerca de dez dias atrás, sobre site fake está circulando na internet, para obter o benefício para o Programa CNH MSSocial. As informações são de que as inscrições para primeira fase do programa já estão abertas. “Para participar, faça sua matrícula online e totalmente Gratuita! Livre para todas as categorias de CNH. ATENÇÃO: Últimos dias de matrícula”, descreve o anúncio.

Ao clicar no link pelo computador é aberta uma página em branco, já pelo celular a página falsa tem até “assinatura” do Governo Federal. Para fazer o cadastro é pedido estado, cidade, nome e idade. Depois é recomendado que mande para mais pessoas.

“Esse tipo de aplicação é comum. Depois de mandar para várias pessoas vai pedir para baixar um arquivo, onde está o vírus. As pessoas precisam ficar atentas e checar todas as informações. Nós estamos finalizando e realizando os últimos ajustes, mas o Programa CNH MS Social ainda não foi lançado,” ressalta a diretora de Educação para o Trânsito do Detran-MS, Elijane Coelho.

  • Detran MS
A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/6OiEl
Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Por favor desativar seu adblock para continuar!