fbpx
Polícia

Cliente diz que esteticista a deixou ‘suja’ durante massagem após questionar religião da vítima

Nesta sexta-feira (6), funcionário de uma clínica de estética de Campo Grande procurou a Polícia Civil para relatar que foi vítima de injúria. Ele fez procedimento em uma cliente, que depois disse para outros funcionários que a vítima a deixou ‘suja’.

Segundo informações do boletim de ocorrência, o procedimento aconteceu no fim de maio, quando o funcionário fez um procedimento de massagem na cliente. Ela teria feito especulações sobre religião, entre outras coisas, que deixaram o funcionário desconfortável.

Dias depois, a mulher teria voltado ao local e dito para outras funcionárias que o rapaz a teria deixado suja e que “teria que orar muito para que a sujeira saísse do corpo dela”. O caso é tratado como injúria, se consiste na utilização de elementos referentes a raça, cor, etnia, religião, origem ou à condição de pessoa idosa ou portadora de deficiência.

O boletim de ocorrência foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Centro.

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/wFnud
Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo