fbpx
Geral

Capital libera terceira dose da Janssen para maiores de 18 anos

Nesta terça-feira (21) a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) liberou a terceira dose da vacina da Janssen para pessoas acima dos 18 anos. A vacina está liberada para quem tomou a segunda dose há pelo menos quatro meses.

A liberação na Capital foi realizada depois que o Ministério da Saúde liberou, nesta segunda-feira, o reforço para o público que se imunizou com a vacina da Janssen. Todos que têm 18 anos ou mais podem receber um primeiro, um segundo e um terceiro reforço, dependendo do tempo decorrido desde a dose única recebida. Os que receberam a dose única duas vezes (DU + 1º reforço), devem tomar agora o segundo reforço.

Em Campo Grande mais de 40 locais estão aplicando as vacinas contra covid nesta terça-feira. O atendimento acontece durante todo o dia em horários alternados, conforme os calendários estabelecidos pela Sesau.

Outros imunizantes – Desde ontem, a quarta dose da vacina contra a covid-19 está disponível para toda a população com 40 anos ou mais e que tenha recebido a terceira dose há pelo menos quatro meses.

Também está disponível a dose para pessoas com 18 anos ou mais que tenham algum imunocomprometimento grave e para trabalhadores da saúde, sempre respeitando o intervalo mínimo de quatro meses.

O primeiro reforço pode ser aplicado em toda a população com 12 anos ou mais, obedecendo o mesmo intervalo, ou em quem tem 18 anos ou mais com imunocomprometimento – para este público é necessário um intervalo de 28 dias da segunda dose.

Quem tem cinco anos ou mais e ainda não recebeu nenhuma dose deste imunizante também poderá tomar a vacina, assim como quem já cumpriu o intervalo recomendado pelo fabricante de cada uma das vacinas.

Contra gripe – Até o dia 24 de junho a vacina contra a gripe está sendo aplicada exclusivamente no público prioritário da campanha. Conforme recomendação do Ministério da Saúde a vacina está disponível para as gestantes, puérperas até 45 dias pós parto, População indígena, pessoas com comorbidades e as que tenham deficiências permanentes, caminhoneiros, trabalhadores do transporte rodoviário de passageiros, trabalhadores portuários, Forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema penitenciário, população privada de liberdade e jovens em cumprimento de medidas socioeducativas.

Iniciada no começo do mês de abril, a campanha de vacinação contra a gripe imunizou, até o momento, 105.676 pessoas, o que corresponde a 35,79% de todo o público alvo da Capital, um quantitativo muito abaixo da meta estabelecida em 90%.

Desde o início do ano, Campo Grande registrou 37 óbitos por H3N2, a maioria ocorridos no mês de janeiro, após um surto atípico do vírus no entre o final de 2021 e o início deste ano. A vacina disponível no SUS protege contra três dos principais vírus circulantes, o H1N1, H2N3 e Influenza B.

CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/QFQ5x
Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo