fbpx
Cidades

Capital ganha 5 posições e ocupa 28ª colocação de melhor saneamento do País

Levantamento considerou as maiores cidades brasileiras; Capital é a única do Estado que entrou na lista

Poço da concessionária responsável pela distribuição de água em Campo Grande. (Foto: Divulgação/Águas Guariroba)
Poço da concessionária responsável pela distribuição de água em Campo Grande. (Foto: Divulgação/Águas Guariroba)

De acordo com estudo divulgado pelo Instituto Trata Brasil nesta terça-feira (22), Campo Grande ocupa a 28ª posição no ranking de cidades com melhor saneamento em todo o Brasil. No município, a concessionária responsável pelo serviço é a Águas Guariroba.

Foram analisados os indicadores de saneamento das 100 maiores cidades do País, que concentram aproximadamente 40% da população brasileira. A Capital é a única representante de Mato Grosso do Sul na lista.

A pesquisa indica que, ao todo, mais de 35 milhões de brasileiros não têm acesso à água tratada. Além disso, 100 milhões não têm coleta de esgoto e apenas 50% do esgoto é tratado.

Segundo o levantamento, a Capital atingiu nota 8,34, de 10. As melhores pontuações foram de Santos (SP), com 9,94, Uberlândia (MG), com 9,82, São José dos Pinhais (PR), com 9,37, São Paulo (SP), com 9,27, e Franca (SP), com 9,21.

Campo Grande teve nota máxima em relação ao atendimento total e urbano da disponibilização de água; novas ligações de água e esgoto por ligações faltantes, além do indicador de perdas em volumes e distribuição.

Em relação ao serviço de esgoto, recebeu nota 1,21 (máx. 1,25) no total e 1,23 no urbano (máx. 1,25).

Quanto ao investimento total por arrecadação, pontuou 0,35 (máx. 0,75) e em investimentos dos prestadores, atingiu 0,36 (máx. 0,75). Por fim, no quesito de perdas no faturamento, atingiu 0,28 de 0,5.

Um dos pontos de captação da Águas Guariroba, no município de Campo Grande. (Foto: Divulgação/Águas Guariroba)
Um dos pontos de captação da Águas Guariroba, no município de Campo Grande. (Foto: Divulgação/Águas Guariroba)

Confira ranking completo do saneamento:

  1. Santos (SP)

  2. Uberlândia (MG)

  3. São José dos Pinhais (PR)

  4. São Paulo (SP)

  5. Franca (SP)

  6. Limeira (SP)

  7. Piracicaba (SP)

  8. Cascavel (PR)

  9. São José do Rio Preto (SP)

  10. Maringá (PR)

  11. Ponta Grossa (PR)

  12. Curitiba (PR)

  13. Vitória da Conquista (BA)

  14. Suzano (SP)

  15. Brasília (DF)

  16. Campina Grande (PB)

  17. Taubaté (SP)

  18. Londrina (PR)

  19. Goiânia (GO)

  20. Montes Claros (MG)

  21. Sorocaba (SP)

  22. Palmas (TO)

  23. Niterói (RJ)

  24. Campinas (SP)

  25. Praia Grande (SP)

  26. Petrópolis (RJ)

  27. Uberaba (MG)

  28. Campo Grande (MS)

  29. Jundiaí (SP)

  30. São José dos Campos (SP)

  31. Boa Vista (RR)

  32. Santo André (SP)

  33. Petrolina (PE)

  34. Ribeirão Preto (SP)

  35. Anápolis (GO)

  36. João Pessoa (PB)

  37. Belo Horizonte (MG)

  38. Taboão da Serra (SP)

  39. Salvador (BA)

  40. Diadema (SP)

  41. Campos dos Goytacazes (RJ)

  42. Caruaru (PE)

  43. Porto Alegre (RS)

  44. Rio de Janeiro (RJ)

  45. Osasco (SP)

  46. Sumaré (SP)

  47. Aparecida de Goiânia (GO)

  48. Mauá (SP)

  49. São Bernardo do Campo (SP)

  50. Serra (ES)

  51. Contagem (MG)

  52. Carapicuíba (SP)

  53. Vitória (ES)

  54. Mogi das Cruzes (SP)

  55. Cuiabá (MT)

  56. Betim (MG)

  57. Itaquaquecetuba (SP)

  58. Guarujá (SP)

  59. São Vicente (SP)

  60. Florianópolis (SC)

  61. Ribeirão das Neves (MG)

  62. Caxias do Sul (RS)

  63. Aracaju (SE)

  64. Paulista (PE)

  65. Olinda (PE)

  66. Blumenau (SC)

  67. Mossoró (RN)

  68. Guarulhos (SP)

  69. Feira de Santana (BA)

  70. Juiz de Fora (MG)

  71. Vila Velha (ES)

  72. Natal (RN)

  73. Bauru (SP)

  74. Nova Iguaçu (RJ)

  75. Santa Maria (RS)

  76. Fortaleza (CE)

  77. Camaçari (BA)

  78. Joinville (SC)

  79. Caucaia (CE)

  80. Pelotas (RS)

  81. Canoas (RS)

  82. Belford Roxo (RJ)

  83. Recife (PE)

  84. Teresina (PI)

  85. São Luís (MA)

  86. Cariacica (ES)

  87. São João de Meriti (RJ)

  88. Jaboatão dos Guararapes (PE)

  89. Manaus (AM)

  90. Duque de Caxias (RJ)

  91. Maceió (AL)

  92. Gravataí (RS)

  93. Várzea Grande (MT)

  94. São Gonçalo (RJ)

  95. Ananindeua (PA)

  96. Belém (PA)

  97. Rio Branco (AC)

  98. Santarém (PA)

  99. Porto Velho (RO)

  100. Macapá (AP)

Fonte

A URL curta deste artigo é: https://notadiaria.com.br/ulefM
Mostre mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo