Polícia

Cabeleireira que matou vendedor a facadas em briga de trânsito vai a júri popular nesta semana

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A cabeleireira Joice Espíndola ocuparme de matar o vendedor Camilo de Freitas a facadas em uma briga de trânsito, em três lagoas, a 338 quilômetros de campo grande, vai a julgamento nesta semana. O crime aconteceu em maio de 2018.

O júri popular da cabeleireira está marcado para às 8 horas da próxima quarta-feira (21). Nove testemunhas deverão prestar depoimento no julgamento, entre elas, os filhos de Joice que localização com ela no dia do crime. A mulher de Camilo como está na lista de testemunhas que vão depor.

A esposa do vendedor entrou com pedido de indenização por danos morais e materiais contra a família da cabeleireira, no valor de R $1 milhão, segundo o site JP News.

A cabeleireira tentou por quatro vezes habeas corpus para responder ao processo em liberdade alegando que tinha dois filhos que necessitavam de sua presença. No dia 8 de outubro de 2018 foi realizada a primeira audiência do caso, onde 13 testemunhas foram ouvidas. Joice Espíndola está presa, no presídio feminino de três lagoas.

Relembre o caso

O vendedor Camilo de Freitas da Silva, de 28 anos, foi morto a facadas na noite de 20 de maio, quando brigava com sua esposa no trânsito da cidade de três lagoas.

Camilo e a esposa discutiam quando uma mulher em uma camionete, que lotaaaada mar do filho adolescente, flagrou a briga e desceu para defender a vítima do vendedor. Mãe e filho acabaram brigando com a vítima. E, em determinado momento, a mulher buscou uma faca no carro e acertou um golpe no peito de Camilo, que morreu antes de ser socorrido.



Fonte link

Etiquetas
Mostrar mais

Redação

INFORMAÇÕES DE CONTATO --- Ligar (67) 99257-2652 --- m.me/NotaDiariabr --- contato@notadiaria.com.br --- https://notadiaria.com.br/

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo
Fechar
Fechar

Adblock detectado

Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios